MENU

08/07/2019 às 17h27min - Atualizada em 08/07/2019 às 17h27min

11ª etapa do Mundial de Motocross 2019: GP da Indonésia.

Do brmx.com.br
mxgp.com


Após um intervalo de uma semana, o Mundial de Motocross voltou no domingo, 7, com a 11ª rodada da temporada 2019, o GP da Indonésia, disputado no circuito da cidade de Palembang.

Com os dois pilotos da equipe Red Bull KTM, o italiano Antonio Cairoli e o holandês Jeffrey Herlings, lesionados, os resultados ficaram ainda mais previsíveis. O esloveno Tim Gajser, da HRC Honda, faturou mais uma vez a soma geral da principal categoria, a MXGP, enquanto que o espanhol Jorge Prado, da Red Bull KTM, de novo levou a melhor na soma das baterias da MX2.

Só que desta vez ambos tiveram que dividir as vitórias com outros oponentes. Gajser venceu a primeira bateria na MXGP, mas viu o francês Romain Febvre, da Monster Energy Yamaha, vencer a segunda. Na MX2, Prado venceu a primeira bateria, enquanto que a segunda foi conquistada pelo dinamarquês Thomas Kjer Olsen, da Rockstar Energy Husqvarna.

Na classificação da MXGP, a vantagem de Gajer para o ausente e lesionado Cairoli, ainda vice-líder, chega a exatos 130 pontos. Na MX2, Prado está 51 pontos na frente de Olsen.

O Mundial de Motocross segue na Indonésia no próximo domingo, 14, com a 12ª rodada da temporada 2019. É o GP da Ásia, a ser disputado em Semarang.

Ainda estamos tentando descobrir porque o brasileiro Gustavo Pessoa ficou fora desta rodada, mas, pelo fato das corridas terem sido realizadas na Ásia, e levando em conta o baixo número de pilotos nas duas categorias, acreditamos que a logística inviabilizou o deslocamento de várias equipes e pilotos (incluindo o próprio Gustavo Pessoa).

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp