MENU

22/06/2021 às 14h34min - Atualizada em 22/06/2021 às 14h34min

Governo do Estado autoriza aplicação de R$ 11,1 milhões para pavimentação de estradas rurais.

Nas primeiras liberações será pelo Programa Estradas da Integração, vias receberão pavimentação de pedras irregulares com objetivo de redução de custos.

Da ANPr.
Geraldo Bubniak\AEN

O Governo do Estado autorizou a celebração de quatro convênios de pavimentação de 40 quilômetros de estradas rurais no Estado. Juntos, eles somam investimentos de R$ 11.178.692,37. Os municípios beneficiados são Bom Jesus do Sul, Capanema, Enéas Marques, Flor da Serra do Sul, Francisco Beltrão, Formosa do Oeste, Guaraniaçu, Pérola d´Oeste, Pinhal de São Bento e Salgado Filho.
Esses são os primeiros convênios de 2021, cerca de 7% do previsto para o ano. Os recursos fazem parte do Programa Estradas Rurais Integradas aos Princípios e Sistemas Conservacionistas – Estradas da Integração, gerenciado pelo Departamento de Desenvolvimento Rural Sustentável (Deagro), da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento do Paraná.
Para o secretário Norberto Ortigara, a pavimentação das estradas com pedras irregulares é importante para os produtores rurais tanto no manejo de suas propriedades, que dependem da chegada de insumos, sementes e ração, quanto no escoamento das safras, contribuindo para o aumento da competitividade da agroindústria paranaense. “Uma estrada ruim resulta em custo maior”, afirmou.
 
Mas os benefícios não se restringem à atividade agropecuária. “Além da questão da safra, melhora também a qualidade de vida de quem mora na região e pode se locomover mais rapidamente, como as crianças para chegarem à escola ou os doentes transportados a hospitais”, reforçou o secretário.

O chefe do Deagro, Márcio da Silva, destacou que o projeto de pavimentação poliédrica com pedras irregulares tem também o objetivo de preservar os recursos naturais, por contribuir na conservação do solo nas propriedades. Por isso, o Programa Estradas da Integração é mais amplo. “Também capacita as administrações municipais nas técnicas de gestão, manejo e conservação dessas estradas”, disse.


VALORES – O convênio liberado para Enéas Marques prevê investimento de R$ 2.570.588,71 em 10,25 quilômetros. Pérola d´Oeste receberá R$ 1.499.153,66 para 4,4 quilômetros. Em Bom Jesus do Sul serão R$ 1.168.225,57 para pavimentar 4,2 quilômetros. Outros R$ 1.094.242,29 irão para Guaraniaçu, onde 4 quilômetros receberão as pedras irregulares.
Flor da Serra do Sul receberá 965.151,03 para pavimentar 3,5 quilômetros. Para Salgado Filho serão destinados R$ 926.952,00 a serem aplicados em 3 quilômetros, enquanto Pinhal de São Bento terá R$ 823.083,45 para investir em 2,630 quilômetros. O município de Formosa do Oeste receberá R$ 821.535,15 para pavimentar 3,14 quilômetros.

Para Francisco Beltrão estão destinados R$ 778.791,00 a serem investidos em 3 quilômetros, enquanto Capanema receberá R$ 530.969,51 para pavimentar 2,150 quilômetros.
 
PREVISÃO – A previsão é que este ano sejam pavimentados cerca de 750 quilômetros de estradas rurais no Estado, com investimento de mais de R$ 154 milhões em aproximadamente 200 convênios.


PARCEIROS REGIONAL
Agencias Publicitarias
Clever Adversing Grup.
  bet365
  Bet9Ja
  BETANO
  BoyleSports
  Caliente
  FAVBET
  Hollywood bets
  Pari Match
  Planet win
 Pokerstars
 SOLVERDE.pt
 Stoiximan
 WINBET
 
PARCEIROS CLUBE EXPRESS
Maringá
-Veículos:
  Golden Car  Locadora
- Animais:
  Animal Center Maringá
- Alimentos e Bebidas
  Fatima Rico Tortas
- Lojas:
  Ricardo Eletro
- Clínicas:
  Clínica da Alma
- Vida Saudável
  Armazém Vida Saudável
Marialva:
- Papelarias:
 Papelaria Planalto
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp