MENU

21/06/2021 às 17h02min - Atualizada em 21/06/2021 às 17h02min

Quarta seguida de Kyle Larson na Nascar Cup. é o primeiro vencedor em Nashville.

Charlotte, Sonoma, All-Star Race e agora Nashville.

Rodrigo Gini
Do racemotor.com.br.
Hendric Motorsport.

Charlotte, Sonoma, All-Star Race e agora Nashville. Kyle Larson deu mais uma mostra do momento excepcional na Nascar Cup Series para vencer a quarta seguida e ser o primeiro piloto da Cup a visitar o victory lane no Nashville Superspeedway com o Chevrolet Camaro #5 da Hendrick Motorsports. Num domingo com problemas para vários carros, ele só não levou o primeiro segmento (conquistado pelo companheiro de time Chase Elliott). No piso de concreto do oval de 1.33 milha, encontrou de cara um acerto que permitiu ser o mais rápido e mesmo com nove amarelas por incidentes, sempre manteve um ritmo inalcançável para os adversários.
 
Larson também teve um susto quando pedaços de plástico se prenderam na grade dianteira no terceiro estágio. Mas ficou livre do problema ao se aproximar do parachoque traseiro do Camaro #51 de JJ Yeley. E como parou na volta 218 das 300, precisou economizar combustível para não parar mais uma vez. Para quem mantinha uma vantagem confortável, uma missão mais fácil.
“Tive um carro perfeito e por andar no ar livre, pude comprovar que nosso acerto para os stints longos era o ideal. Nashville é uma cidade sensacional, ainda mais com o público na pista. Estou muito feliz”, disse o californiano. Que só não levou a pole – Aric Almirola (Ford Mustang #10/Stewart-Haas) foi o mais rápido na qualificação.
 
O domínio na pista do Tennessee foi tal que o segundo colocado Ross Chastain (Camaro #42/Ganassi), em sua melhor corrida na Cup resumiu bem a situação. “Fiquei feliz por ver o #5 na última volta, era o máximo que poderia conseguir”. Ele foi um dos pilotos que reabasteceram na última amarela da noite, provocada por Chase Briscoe (Ford Mustang #14/Stewart-Haas). William Byron colocou outro carro da Hendrick (o #24) em terceiro.

Freios:

A primeira visita da Cup ao Nashville Superspeedway trouxe dúvidas e um problema em comum para vários carros. Além de Briscoe, Ryan Blaney (Mustang #12/Penske), Chris Buescher (Mustang #17/Roush Fenway), Cole Custer (Mustang #41/Stewart-Haas) e Ryan Preece (Camaro #37/JTG-Daugherty) bateram ou rodaram devido a falhas nos discos de freio. O campeão Chase Elliott (Camaro #9/Hendrick) perdeu a 13ª posição e foi desclassificado na vistoria após a prova. Os comissários encontraram cinco porcas de roda soltas.


PARCEIROS REGIONAL
Agencias Publicitarias
Clever Adversing Grup.
  bet365
  Bet9Ja
  BETANO
  BoyleSports
  Caliente
  FAVBET
  Hollywood bets
  Pari Match
  Planet win
 Pokerstars
 SOLVERDE.pt
 Stoiximan
 WINBET
 
PARCEIROS CLUBE EXPRESS
Maringá
-Veículos:
  Golden Car  Locadora
- Animais:
  Animal Center Maringá
- Alimentos e Bebidas
  Fatima Rico Tortas
- Lojas:
  Ricardo Eletro
- Clínicas:
  Clínica da Alma
- Vida Saudável
  Armazém Vida Saudável
Marialva:
- Papelarias:
 Papelaria Planalto
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp