MENU

10/06/2019 às 14h15min - Atualizada em 10/06/2019 às 14h15min

F-1: GP do Canadá: Hamilton vence depois de penalidade polêmica de Vettel.

Do f1mania.lance.com.br
Mark Thompson/AFP


Lewis Hamilton venceu o polêmico Grande Prêmio do Canadá depois que Sebastian Vettel foi penalizado com cinco segundos em seu tempo final. Vettel escapou da pista na curva 3 no 48º giro e voltou à frente do inglês – com os comissários julgando Vettel culpado pelo incidente.
Vettel recebeu a bandeira quadriculada na P1, mas terminou em segundo com a punição, enquanto Charles Leclerc completou o pódio em um bom final de semana da Ferrari.
Depois de ser informado pelo rádio sobre a penalidade, o alemão ficou transtornado e se defendeu. “Para onde eu poderia ir? Estão nos roubando a vitória”, disse Vettel.
Valtteri Bottas foi o quarto colocado à frente de Max Verstappen – que largou na nona posição. O finlandês da Mercedes faturou o ponto extra pela volta mais rápida, quando colocou os pneus macios nas voltas finais para marcar 1:13.078s – novo recorde do Circuito Gilles Villeneuve, que até então pertencia ao brasileiro Rubens Barrichello (1:13.622s).
Bottas travou uma disputa com o quarto colocado do grid de largada Daniel Ricciardo. O piloto da Renault segurou o finlandês por algumas voltas, mas acabou sendo ultrapassado na volta 40. O australiano conseguiu seu melhor resultado do ano na sexta posição.
Nico Hulkenberg (Renault) em sétimo, Pierre Gasly (Red Bull) em oitavo – o quinto no grid de largada, Lance Stroll (Racing Point) na P9 e Daniil Kvyat, completaram a zona de pontuação.
Lando Norris abandonou a corrida na volta 8, depois de um erro danificar sua suspensão e freios, causando um incêndio na MCL34 do britânico.
Stroll, que teve um resultado ruim na qualificação, conseguiu escalar o pelotão para surgir entre os 10 primeiros, e depois ultrapassar Carlos Sainz para ser o nono. Sainz ainda perdeu a posição para Kvyat, terminando na P11.
Alexander Albon também abandonou a corrida. O tailandês foi espremido por Antonio Giovinazzi e Sergio Perez na curva 1 após a largada, forçando a troca da asa dianteira. O piloto ainda retornou para a pista e só abandonou na volta 59.
Com a vitória, Hamilton obtém mais um recorde na Fórmula 1 – empatando com Michael Schumacher em sete vitórias no Grande Prêmio do Canadá – além de abrir 29 pontos de vantagem para o segundo colocado no Mundial de Pilotos, seu companheiro de equipe Bottas. Vettel é o terceiro, 62 pontos atrás. Verstappen (88) e Leclerc (72) completam os cinco primeiros.
A Fórmula 1 retorna com o Grande Prêmio da França no dia 23 de junho.
Confira o resultado final do Grande Prêmio do Canadá de F1:
1) Lewis Hamilton (Mercedes)
2) Sebastian Vettel (Ferrari)
3) Charles Leclerc (Ferrari)
4) Valtteri Bottas (Mercedes)
5) Max Verstappen (Red Bull/Honda)
6) Daniel Ricciardo (Renault)
7) Nico Hülkenberg (Renault)
8) Pierre Gasly (Red Bull/Honda)
9) Lance Stroll (Racing Point/Mercedes)
10) Daniil Kvyat (Toro Rosso/Honda)
11) Carlos Sainz Jr. (McLaren/Renault)
12) Sergio Pérez (Racing Point/Mercedes)
13) A.Giovinazzi (Alfa Romeo/Ferrari)
14) Romain Grosjean (Haas/Ferrari)
15) Kimi Räikkönen (Alfa Romeo/Ferrari)
16) George Russell (Williams/Mercedes)
17) Kevin Magnussen (Haas/Ferrari)
18) Robert Kubica (Williams/Mercedes)
19) Alexander Albon (Toro Rosso/Honda)
20) Lando Norris (McLaren/Renault)
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Fale conosco pelo Whatsapp.