MENU

16/06/2021 às 09h11min - Atualizada em 16/06/2021 às 09h11min

Dor de dente: Descubra as principais causas e o que elas podem significar.

A dor nos dentes é algo bem comum na maioria das pessoas, mas saber o que ela causa é extremamente importante para evitar doenças ou problemas mais graves.

Time Lógica de Mercado
Do Portal uol\ Sorrisologia\Tua saúde
Karly Kav

Você já teve dor de dente, bem, se você ainda não passou por essa situação, esse é um problema bastante incômodo, causando uma dor que atrapalha até a prática de atividades simples de rotina.
 
Diversos problemas podem causar dores nos dentes, às vezes nem tendo relação propriamente com essa região.
 
Assim, ao sentir dores nessa estrutura, é fundamental que você esteja atento, pois ela pode significar problemas mais sérios, caso não seja tratada a tempo. Por esse motivo, também, o acompanhamento regular com um profissional se mostra necessário.
 

O que é o dente:

De modo geral, os dentes são estruturas robustas formadas por diferentes minerais, essenciais para o início do processo digestivo, já que é a peça responsável pela mastigação e trituração dos alimentos.
 
Durante a vida, você terá dois tipos de dentição: a dentição decídua (dentes de leite) e a dentição definitiva (dentes permanentes).
 
A primeira dentição começa a aparecer nos primeiros anos de vida dos bebês. As estruturas vão surgindo ao longo do tempo e, normalmente, até os 3 anos de idade todos os dentes de leite já devem ter nascido.
 
Por volta dos 6 ou 7 anos, os dentes de leite começam a cair, dando lugar aos dentes permanentes, que formarão a dentição definitiva.
 
Entre esses dois tipos de dentes, existem algumas diferenças. Os primeiros são menores e possuem raízes mais frágeis que o segundo, justamente para poderem cair.
 
Entretanto, a composição dos dentes e a forma como eles são fixadas são basicamente as mesmas, sendo sua formação e arredores:
 

  • Raiz dentária;

  • Coroa dentária;

  • Polpa do dente;

  • Esmalte dentário;

  • Terminações nervosas.

Dor de dente:

Como dissemos, a dor de dente pode ocorrer por uma série de problemas. Sempre que algum desses pontos, listados anteriormente, são afetados, pode gerar esse incômodo na região.
 
Entretanto, na maioria dos casos, as principais dores que afetam os dentes são causadas por problemas na polpa do dente, que é uma parte fundamental da composição dessas estruturas.

Causas de dores de dentes:

A seguir, listamos diversas doenças e problemas que podem ser os principais causadores das dores de dentes.

1.Cáries:

A cárie é uma doença bucal bastante incômoda, mas ao mesmo tempo muito comum. A estimativa, por exemplo, é que mais de 2 bilhões de pessoas tenham cáries.
 
Essa doença gera uma massa escura e dura nos dentes. Elas são causadas, principalmente, pelo acúmulo de bactérias, que vão se alimentando da estrutura dos dentes.
 
Quando está em estágio avançado, ou seja, quando a massa já está bastante fortificada, ela gera dores bastante incômodas, alcançando os tecidos mais profundos da estrutura e demandando tratamentos mais invasivos.
 
Além do comprometimento que pode demandar a restauração, a cárie pode causar problemas na coloração dos dentes, o que pode tornar necessário, além da remoção das cáries, tratamentos complementares, como o clareamento dental.
 
Esse processo de clareamento dos dentes consiste em sessões com aplicação de materiais específicos em consultórios especializados com o objetivo de retomar a coloração esbranquiçada dos dentes que foi perdida por conta de alimentos ou higienização, bem como outras doenças bucais.
 
Normalmente, é um procedimento estético, ou seja, as pessoas realizam apenas para melhorar a estética dos dentes.
 
Mas, quando a coloração é afetada por problemas decorrentes de outras inflamações, esse pode ser um tratamento de suma importância para recuperar o sorriso e a saúde mental.

2.Dente quebrado:

Quando o dente se quebrar, independentemente do motivo, ele pode causar dores bastante consideráveis e difíceis de suportar.
 
Apesar do dente ser uma das estruturas mais resistentes do corpo humano, essa quebra pode acontecer, principalmente quando ele sofre um grande impacto.
 
Em casos mais graves, a quebra pode afetar totalmente o dente, sendo necessário retirá-lo e colocar um implante dentário no local para substituí-lo.

De modo geral, o implante para os dentes consiste em uma estrutura metálica, de alta capacidade e resistência, utilizada para fixar as próteses dentárias, que são as estruturas que farão a função do dente perdido.
 
Esse procedimento é cirúrgico, e é preciso ter certos cuidados para realizá-lo. Caso seja necessário, procure o valor de um implante dentário e busque por mais informações junto ao profissional, identificando o tratamento mais viável para a situação.

3.Bruxismo:

O bruxismo é uma condição que causa o famoso “ranger dos dentes” e também pode gerar dores de dentes devido a constante tensão e fricção.
 
Essa doença é causada por uma série de razões, muitas vezes por motivos psicológicos, como o estresse e ansiedade, que fazem com que as pessoas façam esse ranger dos dentes mesmo que involuntariamente.
 
Para quem possui o bruxismo, essas práticas de movimentar os dentes sem parar, batendo a dentição de cima com a de baixo, costumam ser mais fortes no período noturno, enquanto as pessoas estão dormindo.
 
O tratamento desse tipo de condição depende da gravidade. Em casos mais leves, podem ser utilizadas placas de restauração, semelhantes a um aparelho invisível, o que reduz o contato entre as estruturas.
 
Basicamente, o tratamento consiste na colocação de uma placa intraoral que reduz o contato e tensão entre a arcada inferior e superior, diminuindo as dores decorrentes do bruxismo.
 
Contudo, fisioterapias e até a aplicação de produtos nas articulações também podem ser necessárias, bem como o acompanhamento psicológico para identificar se o estresse é uma das origens do transtorno para atuar de modo a reduzir as situações gatilhos.

4.Outros problemas bucais que podem causam a dor de dente:

Além desses três problemas principais, selecionamos mais algumas doenças bucais que podem causar a dor de dente, e que é fundamental buscar tratamento o quanto antes, justamente para que eles não se prolonguem e se tornem ainda mais graves. Conheça:
 

  • Pulpite;

  • Abscesso dental;

  • Mordida Cruzada;

  • Disfunção temporomandibular (DTM).

Como aliviar a dor de dente?

Como vimos diversos problemas podem causar a dor de dente, e é importante estar preparado para isso.
 
Dependendo da gravidade, apenas os profissionais da área, como os cirurgiões dentistas, podem ajudar a minimizar e/ou resolver, recorrendo a serviços mais complexos.
 
Entretanto, em casos mais leves, você pode ter certas ações diárias para que a dor seja diminuída. Neste caso, contudo, a orientação médica também se mostra imprescindível.
 
Uma situação que causa dor de dentes, de forma leve, é quando alimentos ficam presos entre as estruturas dentais, e permanecem lá por um certo período de tempo.
 
Quando isso acontece, eles acabam propiciando o crescimento de bactérias, servindo de fonte de alimentação para elas.
 
Dessa maneira, a região fica inflamada, afetando a gengiva e os dentes. Nesses casos, para aliviar a dor, é fundamental escovar os dentes e, principalmente, utilizar o fio dental para retirar esses alimentos presos.
 
Outras formas de aliviar a pressão e a dor no dente é utilizar algumas soluções que podem ser produzidos em casa ou adquiridos em diversos espaços, tais como:
 

  • Bochecho com água e sal;

  • Cravo da índia;

  • Bochecho com chá de gengibre e própolis;

  • Colocar gelo na região dolorida.

 
Cabe ressaltar que alguns tratamentos odontológicos também podem gerar incômodo até a adaptação ao procedimento, como é o caso da colocação de um aparelho dental invisível.
 
Isso porque a arcada e a cavidade estão se adequando em espaço, posicionamento ou mesmo pós-cirurgia. Nesse caso, o profissional também indicará algumas medidas que reduzirão as dores, bem como medicamentos que possam ser necessários.

Prevenção e contenção:

É possível prevenir ou evitar que dores de dente surjam, principalmente as mais agudas.
 
Nunca se sabe quando vai ocorrer uma quebra no dente, por exemplo, que pode acontecer das formas menos esperadas possíveis, já que pode se originar em acidentes.
 
Mas é interessante prevenir outros problemas, que podem ser evitados, como as inflamações advindas da má higienização.
 
Sabemos que, para diversos problemas bucais, profissionais de odontologia estão a postos para ajudar com tratamentos comprovadamente eficazes, como o de lente de contato dental, bem como realizar tratamentos de prevenção, como a profilaxia.
 
No caso da lente, o procedimento se trata de um instrumento de grande tecnologia, produzido em impressoras 3D e que proporciona ótimos resultados para recuperação da arcada, cobrindo imperfeições como quebras e manchas.
 
Em outros casos, profissionais dessa área também podem executar procedimentos voltados para a estética dos dentes, ou seja, tratamentos que são realizados para que as pessoas modifiquem seus sorrisos.
 
Além dos tratamentos preventivos e reparativos, há práticas cotidianas que podem ajudar a melhorar a qualidade do sorriso, evitar dor dente e o surgimento de problemas na estruturação bucal.
 

As principais práticas são em relação a higienização bucal, que são fundamentais para que os dentes cresçam e se mantenham saudáveis.
 
Entre os principais hábitos de higienização estão a escovação dos dentes, utilizando cremes dentais recomendados, e escovas de grande qualidade e que devem ser trocadas regularmente.
 
O processo de escovação deve ocorrer ao menos três vezes ao dia e, após a higienização, a utilização de fio dental para reforçar a limpeza é necessária ao menos uma vez ao dia.
 
É importante também ter atenção ao consumo exagerado de alimentos açucarados, que podem causar diversos problemas, como o escurecimento dos dentes, sendo necessário procurar uma clínica e questionar quanto custa lente de contato dental.

Consulta ao dentista:

Para finalizar, é importante destacar que, para ajudar nos cuidados com a saúde bucal, evitando doenças e mantendo os dentes saudáveis ao longo da vida, é fundamental ter um acompanhamento odontológico de qualidade durante toda a vida.
 
Ao frequentar os consultórios de dentistas regularmente, ao menos 2 vezes ao ano, você consegue realizar limpezas, verificar a condição da cavidade e ainda consultar sobre tratamentos odontológicos variados, como quanto custa lente de contato dental.
 
Dessa maneira, além de garantir uma ajuda básica, que certamente qualificará a saúde dos seus dentes, você também pode optar por procedimentos variados, reforçando ainda mais a estrutura dos dentes.


Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Lógica de Mercado, uma rede de conteúdos para alavancar negócios e proporcionar mais qualidade de vida e saúde

PARCEIROS REGIONAL
Agencias Publicitarias
Clever Adversing Grup.
  bet365
  Bet9Ja
  BETANO
  BoyleSports
  Caliente
  FAVBET
  Hollywood bets
  Pari Match
  Planet win
 Pokerstars
 SOLVERDE.pt
 Stoiximan
 WINBET
 
PARCEIROS CLUBE EXPRESS
Maringá
-Veículos:
  Golden Car  Locadora
- Animais:
  Animal Center Maringá
- Alimentos e Bebidas
  Fatima Rico Tortas
- Lojas:
  Ricardo Eletro
- Clínicas:
  Clínica da Alma
- Vida Saudável
  Armazém Vida Saudável
Marialva:
- Papelarias:
 Papelaria Planalto
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp