MENU

04/03/2021 às 21h01min - Atualizada em 05/03/2021 às 09h30min

Vim te Mostrar visita as ruínas da Casa de Moeda Falsa do Paraopeba

Vídeo, gravado na cidade de Moeda, em Minas Gerais, explica como surgiu a expressão “quinto dos infernos”

SALA DA NOTÍCIA Grupo Balo
Reprodução do canal Vim te Mostrar
Para buscar boas histórias para contar, o canal Vim te Mostrar coloca o pé na estrada. Após gravar no Viaduto das Almas e explorar um restaurante abandonado, o jornalista Heberton Lopes viajou até a cidade de Moeda, distante cerca de 59 km de Belo Horizonte, para registrar as ruínas da Casa Falsa de Moeda do Paraopeba, local criado para burlar os altos impostos cobrados pela Coroa Portuguesa no século XVIII. Uma das curiosidades apresentadas na reportagem é sobre a origem da expressão “quinto dos infernos”.

O vídeo começa na BR-040, mostra parte do trajeto pela rodovia e segue até a Serra da Moeda, com uma parada para apreciar a vista da imensidão de montanhas. Antes de chegar na Casa de Moeda Falsa do Paraopeba, Heberton Lopes percorreu um trecho da cidade de Moeda para mostrar a estação ferroviária, prefeitura, câmara municipal, rodoviária e Igreja Matriz. Mas é nas ruínas que a história do lugar construído para sonegar impostos é contada.

O jornalista está empolgado com os rumos do canal Vim te Mostrar. “Comecei no início da pandemia, de forma tímida, ainda sem saber como o conteúdo seria modelado. Agora estou muito feliz e seguro da forma como estou contando as histórias. Tenho recebido excelentes feedbacks e, claro, algumas críticas. As que eu considero construtivas, levo comigo e tento melhorar cada dia mais”, explica Heberton Lopes.


Assista agora ao vídeo: https://youtu.be/pFCujW1QIlw


Para assistir aos vídeos do canal Vim te Mostrar, acesse www.youtube.com/vimtemostrar
Curta o @vimtemostrar no Facebook: www.facebook.com/vimtemostrar 
Siga o @vimtemostrar no Instagram: www.instagram.com/vimtemostrar
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Fale conosco pelo Whatsapp.