MENU

27/05/2019 às 18h58min - Atualizada em 27/05/2019 às 18h58min

NASCAR – Truex se recupera para vencer a Charlotte 600.

Do autoracing.com
Divulgação nascar


Martin Truex Jr, da Joe Gibbs Racing, escapou de um impacto inicial com o muro para vencer as 600 Milhas de Charlotte da NASCAR Cup Series.
Restando apenas 10 voltas para o final, Brad Keselowski rodou e entrou nos pits com um pneu furado, o que provocou a 17ª bandeira amarela da corrida mais longa no calendário da Cup.
O toque de Truex no muro ocorreu no início, quando as equipes da Toyota pareciam estar enfrentando dificuldades, e o forçou a entrar nos pits para reparos. Ele ganhou competitividade conforme a noite progrediu e venceu o terceiro dos quatro segmentos da prova.
Na bandeira amarela pela rodada de Keselowski, Truex saiu dos pits na frente e relargou em terceiro, atrás de David Ragan – que não havia parado – e Ryan Newman, que trocou apenas dois pneus. Ambos foram rapidamente ultrapassados pelo Toyota nº 19.
Joey Logano, buscando uma vitória dupla para a Penske após o triunfo de Simon Pagenaud na Indy 500, foi forçado a se contentar com o segundo lugar. Ele chegou a andar em 20º no começo da prova enquanto lutava para encontrar um equilíbrio aceitável no carro.
Kyle Busch, companheiro de Truex na JGR, terminou em terceiro depois de um toque com seu irmão Kurt no final da corrida. Foi sua sétima chegada da temporada entre os três primeiros.
O melhor piloto da Chevrolet foi Chase Elliott em quarto, apenas 0.3s atrás de Busch, com Ricky Stenhouse Jr. (Roush Fenway) e Chris Buescher (JTG Daugherty) tendo boas atuações para garantir quinto e sexto lugares, respectivamente.
A sequência de três segundas colocações consecutivas de Alex Bowman chegou ao fim. Segundo no terceiro estágio atrás de Truex, ele recebeu a bandeira quadriculada em sétimo, batendo por pouco seu companheiro na Hendrick Motorsports, Jimmie Johnson.
Tendo se tornado o mais jovem pole position na 60ª edição do evento, William Byron (Hendrick) caiu para nono na bandeirada, mas manteve Kevin Harvick atrás. A corrida de Harvick foi comprometida duas vezes por pit-stops momentos antes da bandeira amarela ser mostrada.
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp