MENU

16/02/2021 às 09h18min - Atualizada em 16/02/2021 às 09h18min

Justiça determina seguro de R$20 milhões para retomar contrato do GP de F1 em São Paulo.

A Justiça determinou que a empresa organizadora do Grande Prêmio no Brasil deste ano, a MC Brazil Motorsport Holding Ltda, deposite uma fiança de R$ 20 milhões, no prazo máximo de 15 dias, para dar continuidade ao contrato do GP de F1 em São Paulo.

Gabriel Gavinelli
Do F1mania.net.com.br
José Cordeiro/Spturis/RF1.
 A decisão, publicada nesta segunda-feira (15), ainda cabe recurso.
A determinação do juiz da 7ª Vara da Fazenda Pública, Emílio Migliano Neto, foi baseada no valor da primeira parcela do acordo entre a Prefeitura de São Paulo e a MC Brazil Motorsport, que tem validade até 2025 – R$ 100 milhões em cinco parcelas.
A determinação ainda fala em um acréscimo de 30%, podendo chegar a R$ 26 milhões. “Poderá ser em espécie ou fiança bancária ou apólice de seguro a garantia montante de R$ 20 milhões, acrescidos de 30%, suficiente para cobrir eventuais acréscimos que o montante em discussão nesse primeiro momento venha a sofrer”, escreveu o juiz de acordo com a Folha de São Paulo.

A garantia serve para que a empresa, com capital de R$ 120, demonstre que possui condições de cumprir com o contrato. “Reputo que a solução mais adequada, ao menos neste momento processual, é condicionar o prosseguimento da execução do contrato com a prestação contracautela, a ser providenciada pela empresa MC Brazil Motorsport Holding Ltda no prazo de 15 dias”, determinou Emílio Migliano Neto.
Uma das discussões em torno do contrato é foi dispensada a licitação, mas Migliano Neto não entrou nesse mérito em sua determinação. A Procuradoria Geral do Município de São Paulo afirma que a MC Brazil detém carta de exclusividade da Fórmula 1 para realizar as corridas no Brasil.
“O que causa verdadeiro espanto é que o capital social da empresa nacional MC Brazil Motorsport Holding Ltda é de apenas R$ 120,00, gerida por três empresas estrangeiras (MIC Capital Partiners FIP LLC, MIC Capital Partiners FIP 2 LLC e MIC Capital Partners FIP 3 LLC), estabelecidas no estado de Dalaware, sendo considerado um paraíso fiscal dentro dos EUA, e está recebendo dinheiro público, cem milhões de reais da Prefeitura de São Paulo”, escreveu o juiz.
A Prefeitura de São Paulo, após a suspensão do contrato no dia 11, recorreu da decisão justificando que o Grande Prêmio na cidade representa uma arrecadação tributária na ordem de R$ 1,1 bilhão nos próximos dez anos.
 
 
 
PARCEIROS REGIONAL
Agencias Publicitarias
Clever Adversing Grup.
  bet365
  Bet9Ja
  BETANO
  BoyleSports
  Caliente
  FAVBET
  Hollywood bets
  Pari Match
  Planet win
 Pokerstars
 SOLVERDE.pt
 Stoiximan
 WINBET
 
PARCEIROS CLUBE EXPRESS
Maringá
-Veículos:
  Golden Car  Locadora
- Animais:
  Animal Center Maringá
- Alimentos e Bebidas
  Fatima Rico Tortas
- Lojas:
  Ricardo Eletro
- Clínicas:
  Clínica da Alma
- Vida Saudável
  Armazém Vida Saudável
Marialva:
- Papelarias:
 Papelaria Planalto
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp