MENU

23/05/2019 às 15h44min - Atualizada em 23/05/2019 às 15h44min

Projeto “Samuzinho na escola” orienta alunos de Sarandi.

Da Ass. Com. Sarandi
Divulgação.


O objetivo é conscientizar as crianças a não passarem trotes ao serviço, além de ensinar manobras de primeiros socorros.

 Na manhã da última quarta-feira (22), a equipe do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) de Sarandi esteve na Escola Municipal Padre José de Anchieta para apresentar pela primeira vez o “Projeto Samuzinho”. O objetivo é conscientizar as crianças sobre a importância do trabalho realizado pelo SAMU, com a finalidade de reduzir o número de ligações indevidas, os populares “trotes” que são feitos através, do número 192 e atrapalham outros atendimentos. Além disso, os profissionais também ensinaram de forma lúdica, manobras de salvamento, para que os estudantes saibam solicitar a ajuda do SAMU, em situações de urgência e emergência.

 

Para o enfermeiro de intervenção do SAMU, Jean Costa, os pequenos podem ajudar com os primeiros socorros. “Já atendi vários casos, onde uma criança conseguiu de forma rápida passar as informações necessárias colaborando com o nosso trabalho e o resultado foi o salvamento de uma vida”, afirmou o enfermeiro do SAMU.

 

De acordo com o secretário de educação, Antônio Del Nero, é fundamental que as crianças aprendam sobre a importância do serviço realizado pelo SAMU e as noções básicas de primeiros socorros. “Precisamos instruí-los desde cedo que o trabalho do SAMU é sério e eles podem auxiliar estes profissionais a salvarem vidas”, salienta Del Nero.

 

A nossa intenção é levar o Projeto Samuzinho para todas as escolas municipais, além disso, também está programada uma capacitação com todos os profissionais da educação”. Ressaltou o Diretor do Samu, Pedro Correa.

 

Dados:

O SAMU de Sarandi realiza em média 750 atendimentos por mês, sendo 18% com suporte avançado.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp