MENU

06/02/2021 às 12h48min - Atualizada em 08/02/2021 às 14h30min

Weg, a consistente empresa brasileira.

A história da empresa de motores.

SALA DA NOTÍCIA Marcilio Lima

História da WEG


No ano de 1961, Werner Ricardo Voigt, Eggon João da Silva e Geraldo Werninghaus, tiveram a idealização de criar uma companhia de fabricação de motores elétricos, assim formando a Weg

Em 1968, foi criado o CentroWeg, seguindo o objetivo de amestrar os colaboradores da organização, dado que a território em que a indústria se localizava não oferecia treinamento técnico.

Foi em 1970 que a Weg evidenciou sua política de cunho e produziu o 1° expressão conforme as normas ABNT e IEC. 

Além disso, no mesmo ano, a companhia iniciou as exportações para o Uruguai, Paraguai, Guatemala, Equador e Bolívia.

Posteriormente, em 1971, as representações da Weg começaram a juntar a bolsa de princípios. 

Cinco anos depois, em 1976, a companhia realizou a fundação de um escritório na Alemanha com uma parceria local. 

Em 1981, houve a elaboração da Weg Acionamentos e, no ano de 1983, foi fundada a Weg Química. Além disso, em 1988, foi criada a Weg Automação. 

Durante os anos 90, puramente em 1991, ocorreu a início da filial nos EUA. Nesta mesma época, no ano de 1994, ocorreu a criação dos núcleos de Negócios Industriais. 

Além disso, nesta época a companhia iniciou sua expansão. Neste sentido, no ano de 1996 inicia-se uma filial na Inglaterra. 

O processo se manteve durante as próximas classes, e em 1998 a companhia começou a dispor de filiais na França, Espanha e Suécia. 

Expansão da Weg
No ano de 2000, a Weg realizou a noviciado das primeiras fábricas localizadas na Argentina e México. 

Em 2002, a companhia resolveu adquirir um estúdio em Portugal, e no ano imediato realizou a inauguração do acervo Weg. 

Foi em 2005 que a Weg principiou sua primeira fábrica na China. E em 2010 a rentabilidade deu início às execuções fabris da Weg na Índia.

Posteriormente, no ano de 2011, a companhia estabeleceu uma Joint-Venture com a Cestari manufatureiro e Comercial, para arquitetar, fabricar e comercializar redutores e motorredutores. 

A Weg bem como adquiriu a Austrial S.L. em 2015, que fabricava painéis elétricos para equipamentos e edificações industriais com sede na Espanha. 

No ano de 2017, a empresa realizou a permissão do fabricante brasileiro de turbinas TGM.

Em 2020, as representações da Weg sofreram comprida desvalorização mediante a andaço do novo Coronavírus.

As representações da Weg: onde e como são negociadas?

O ticker da Weg (WEGE3) é negociado na sacola de valores brasileira ou B3 nosso país, Bolsa e Balcão).

Os dividendos WEGE3 podem ser consultados no site analiseacoes.com

As representações da companhia podem ser adquiridas através de plataformas digitais, buscando simplificar o modelo de negociação entre os investidores, além de zelar pela segurança de ambos. 

A rentabilidade possui ações ordinárias (WEGE3 ON) que ofertam emendado ao voto durante os congressos empresariais. 

Desse modo, para realizar a aquisição de representações da Weg, é fundamental que investidor realize a fundação de uma conta numa corretora de valores.

Logo após, será necessário realizar uma demora TED com o município desejado para realizar a aplicação. Assim, sendo possível retirar ações da Weg, classificadas como WEGE3.

Características das representações da Weg (WEGE3)
As representações da Weg são negociadas na B3 e possuem as seguintes características:

O sistema setorial da Weg (WEGE3) segundo as informações disponibilizadas na B3 é: Bens Industriais / Máquinas e instrumentos / Motores, Compressores e Outros.

Além do mais, seu pedaço de listagem na bolsa de valores é o Novo mercado, que dá preferência a organizações com boa governança entidade e alta transparência.

Suas representações oferecem Tag Along de 100% ON, ainda de Free Float de 35,4%.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp