MENU

05/02/2021 às 01h00min - Atualizada em 06/02/2021 às 00h00min

Sabia como ser sócio da maior cervejaria do Brasil

A Ambev está na bolsa de valores com as ações ABEV3

SALA DA NOTÍCIA Marcilio Lima
A Ambev nasceu, em 1999, da união entre as centenárias Cervejaria Brahma e companhia Antarctica. Mas a até que enfim história começou muito àfrente, quando ainda éramos duas cervejarias na década de 1880: a Companhia Antarctica Paulista e a Manufactura de copinho Brahma & Villeger & Companhia.

Desde então, em mais de um momento, passamos por incontáveis momentos juntos: as celebrações mais incríveis, os shows dos seus devaneios, o jogo de pelada inesquecível. Estamos com tu nos melhores momentos e, por todo esse imprevisto, seguimos crescendo para unir potências e fortalecer ainda mais os vínculos com você, nosso cliente.

Aumentar o nosso negócio e matizar a cartela de sabores é diversificar e assegurar a nossa participação nos seus momentos de comemoração. É para isso que trabalhamos: para desenvolver o paladar certo em cada uma dessas etapas.

A cerveja é a grande paixão.
A Ambev está na bolsa de valores com as ações ABEV3

O nosso negociação é o seu brinde.

Hoje, são mais de 100 inscrições. O nosso compromisso é exaltar com você para dar continuidade presente nos momentos mais especiais, compartilhando todas as granjeios pelos próximos cem anos.

A nossa missão é a atéqueenfim razão de ser e o acordo da Ambev como empresa.

2016
Do Bem, marca de bebidas e chás, passa a fazer parte da Ambev e inaugura uma nova fase na narração da empresa, que reivindicar a atuar no setor de sucos.

A Bohemia flecha três novos rótulos: Bohemia 14 Weiss, Bohemia 838 Pale Ale e Bohemia Aura Lager.

2015
A Cervejaria Wäls e Cervejaria Colorado alcançam a fazer parte da Ambev; a cerveja Adriática é relançada no mercado; a premiada cerveja de Chicago, a Goose Island, desembarca no Brasil.

2014
Incrementamos a nossa cartela de firmas premium com a Corona.

2011
A cerveja Budweiser passa a ser vendida no Brasil.

A maior função germânica fora da Alemanha, a 28º Oktoberfest de Blumenau – SC tem o égide da Brahma, bebida estandardizado do evento.

2010
Chega ao estabelecimento a Skol 360º.

2009
A Bohemia ganha nova identidade ocelar, com garrafa long neck de figura exclusivo.

É lançada a Antarctica Sub Zero.

2008
Lançamos no nosso país as cervejas uruguaias Norteña e Patricia.

Após comprar a cervejaria americana Anheuser-Busch, a multinacional Belgo-Brasileira AB Inbev reivindicar a controlar quase centro do mercado de pingas nos EUA.

Dividendos Ambev ABEV3

2007
Lançamos no nosso país as marcas belgas Hoegaarden, Leffe, e a alemã Franziskaner.

A cerveja Quilmes atinge ao Brasil como efeito da aliança entre a brasileira AmBev e a argentina Quinsa.

2005
É lançada a Bohemia Confraria de estilo blond ale, em garrafa de 550 ml.

Chega a cerveja Stella Artois no Brasil.

A Brahma se satisfação uma marca mundial e reivindicar a ser vendida em opostos países.

2004
A Bohemia escura reivindicar a ser produzida em botijas long neck.

É lançada a Bohemia Royal Ale, cerveja de alta fermentação e teor alcoólico, com fechado clip lock e botija de 550 ml. É a primeira cerveja de estilo inglês, produzida em alta graduação no Brasil.

Na Bélgica, a Ambev se junta a Interbrew e forma a Inbev.

2003
É lançada a Bohemia Weiss, feita de trigo, em bidão de 550 ml, e a Bohemia escura, estilo Schwarzbier, em botija de 550 ml.

É lançada a cerveja Skol Beats.

É lançada uma campanha desconhecida de consumo responsável para a ligação Skol: Beber redondo é adotar com responsabilidade.

2002
Fomos eleitos pela Carregando Exame como a primordial e melhor empresa do setor de bebidas do nosso país em 2001.

O pentacampeonato coletivo de futebol, Copa Coreia-Japão, tem o gosto do Guaraná Antarctica. O produto foi defensor oficial da Seleção Brasileira no torneio.

2001
Engarrafado e emprestado na Europa por interposto da Pepsi, o Guaraná Antarctica chega a Lisboa.

2000
É lançada, especialmente para o Réveillon, deste ano a fotomontagem comemorativa da cerveja Brahma, com garrafas inteiramente branco e com o clichê: “Cerveja do Milênio”.

1999
No dia 02 de julho foi a anunciada a intercurso da Companhia Antarctica Paulista e da Companhia de bebidas das Américas, Compañia de bebidas de Las Américas, American Beverage Company. Primeira multinacional brasileira, a Ambev torna-se a terceira maior estúdio cervejeira e quinta primordial produtora de bebidas do mundo.

1997
A Brahma adquire concessão para preparar, comercializar e distribuir o Chá gélido Lipton Ice Tea.

1996
A Brahma lança seu primeiro isotônico – Marathon.

1993
Jaguariúna – SP abriga uma nova fábrica de copinho Brahma Bock.

1992
A cerveja Skol Long Neck incorpora a tampa twist, que afastamento o uso de abridor. No ano seguinte, é a vez da Brahma Chopp apresentar a novidade.

Lançamento da Antarctica Bock.

Localizada no caroço de Tecnologia de mantimentos do Senai, em Vassouras- RJ, é implantada a primeira Cervejaria-Escola do Brasil, que estimativa com o apoio da Antarctica e da Brahma.

1991
Antarctica balote Kronenbier, a primeira copinho sem álcool do país.

1990
Na Oktoberfest, em Blumenau – SC, a Brahma lança o novo epígrafe da Brahma Chopp “A copinho Número 1”.

1989
São lançadas as leituras diet dos refrigerantes Antarctica e do Guaraná Brahma.

Brahma Chopp, Skol e Pepsi são vendidos em latinhas de alumínio.

O Grupo garantia adquire o controle acionário da Companhia Cervejaria Brahma. É o início de uma nova fase da narração da cervejaria.

1987
O laboratório da agência da Brahma Rio inaugura uma cervejaria piloto.

1984
Brahma flecha Malt 90, cerveja talhada para o público adolescente. Seu slogan: “O apetite de fazer bem feito”.

A Pepsi Cola chega ao Rio de Janeiro graças a um acordo firmado entre Brahma e PepsiCo Internacional para a construção, comercialização e distribuição do refrigerante.

É constituído o Grupo Antarctica com sede em São Paulo e mais de 23 organizações controladas.

1982
É criada a fundação Assistencial Brahma, visando usar assistência médico-hospitalar e dentária aos empregados e completivos, além de oferecer malas de estudo para ensino fundamental e ensino modesto; estimular o esporte, o descuido e atividades de caráter científicas e culturais.

Primeira rumorejo da Cerveja Brahma leve, uma cerveja tipo pilsen de baixos teores alcoólicos e calóricos. No ano segundo, ela recebe o Clio Award, um dos mais dignos prêmios da publicidade forasteiro. Categoria: melhor embalagem.

1980
A Brahma adquire o controle acionário das Cervejarias Reunidas Skol Curacu S.A., fabricante da copinho Skol desde 1967.

1978
A Antarctica assume o controle da Cervejaria Serramalte, existente desde 1957.

O Guaraná Brahma passa a ser engarrafado por duas franquias internacionais: a Fábrica Bebidas Gasosas Oriental, de Santa Cruz de La Sierra e a Embotelladora Tunari, de Cochabamba, ambas na Bolívia.

Curso novo da Brahma: cervejeiro prático. É o inicial da América Latina.

1976
A Brahma lança os refrigerantes em invólucro de vidro de 1 litro.

1976
Europa, Estados Unidos e Ásia passam a importar os produtos Antarctica.

A Brahma Chopp é eleita pela revista “The Washingtonian” como a melhor copinho importada nos Estados Unidos.

1975
Substituindo o antigo sistema de adegas, na filial da Brahma Rio são construídos os grandes tanques ao ar isento e com refrigeração própria.

1972
Começa a ser veiculada a lendária campanha da Antarctica naquilos viemos aqui para comer ou para conversar?”, estrelada por Adoniran Barbosa.

A agência de Agudos-SP lança embalagens em lata para pingas Brahma Chopp e Brahma Extra

Novidade de Brahma: a recipiente incolor com o nome do seguimento no vidro.

1971
A filial da Brahma em Curitiba (antiga Cervejaria Atlântica) inova ao favorecer engradados para o carregamento de cervejas e refrigerantes.

1970
Firmada associação entre Brahma e a Fratelli Vita Indústria e comércio S.A. marcando o geração da produção de mais 3 marcas: Sukita, Guaraná Fratelli e Gasosa Limão.

1965
Surgem as primeiras revendas da Brahma, constituídas por antigos funcionários da empresa.

1961
A Cervejaria Bohemia, fundada em Petrópolis- RJ no ano de 1853, passa para o posse da Antarctica.

1950
Surge o “Caçulinha” ou Guaraná Caçula. Em grandiosidade menor, 185ml, o refresco torna-se popular entre as garotas. Tanto que, em 1951, aparecem as histórias do cabeça Caçula, herói dos quadrinhos, criado para promover o produto.

1943
É o ano da Brahma Extra. “Extra no agrado, Extra da qualidade, biscate nos ingredientes – copinho Brahma Extra”.

1941
A Companhia Adriática, do Paraná, passa para o busca da Antarctica. Sua crucial marca era a copinho Original, produzida desde 1930.

1936
Criação da Fundação Antonio e Helena Zerrenner Instituição Nacional de bondade. Acionista majoritária da companhia Antarctica Paulista, a fundação mantém hospitais, escolas e creches que atendem funcionários da organização e seus dependentes.

1935
Mudanças no epígrafe da Antarctica: dois pinguins passam a acompanhar a astro de seis pontas dourada. O slogan “A comprido marca” também se baixa ao visual.

1934
nossa_historia
Com uma elaboração de 30 milhões de litros de cerveja, a Brahma Chopp é um fato no país. Ary Barroso e Bastos Tigre Consistem ou representam a marchinha “Chopp em vasilha que, cantada por guarnecendo Silva, propaga a novidade.

1928
A Companhia Guanabara, de São Paulo, é adquirida pela Brahma. Ela marca o geração da produção da copinho Brahma Chopp no estado.

1922
As companhias Antarctica, Bohemia e Brahma participam da Exposição forasteiro da Independência.

1921
Início da elaboração e comercialização do Guaraná Champagne Antarctica.

1918
A Brahma flecha seis refrigerantes: Água de Meza, Crystal, Ginger-Ale, Berquis, Soda Limonada Especial, Soda Limonada e High Life.

1915
A Antarctica fabrica as primeiras geladeiras a gelo. Batizadas de “Perfeitas” eram utilizadas tanto nas casas comerciais quanto nas residenciais. O gelo era provido por meio de rubricas pela própria companhia.

1914
Início da fazedura da Água Tônica Antarctica. Sua primeira propaganda focaliza: “Água Tônica de Quinino: bebida adequada ao clima quente. Tônica, com cadas as excelentes qualidade da jeito de quina, agradável e refrescante”.

A Malzbier, uma cerveja melancólica, de sabor adocicado e interposto teor alcoólico, é registrada pela Companhia Brahma.

1911
Inaugurada a primeira filial da Antarctica em córrego Preto. Lá era produzido gelo e cerveja.

Chega ao estabelecimento Club Soda Antarctica; um ano atocontínuo, é lançada a Soda Limonada Antarctica.

1904
A Companhia Antarctica Paulista adquire uma grande cervejaria na Mooca. Ela reivindicar a ser a sua crucial cervejaria.

1900
A cerveja Antarctica reivindicar a carregar no cerimônia uma imagem do Cometa Harley em homenagem a sua passagem.

1895
A Antarctica ganha a primeira logomarca: uma estrela de seis bicos com a letra A inscrita em seu âmago. A estrela usada pelos fabricantes europeus desde a faixa etária Média, foi uma opinião dos técnicos cervejeiros alemães.

1894
Joseph Villiger, da Brahma, associa-se com a Cervejaria Georg Mascke & Cia. A nova companhia aperfeiçoa a produção da copinho, importa equipamentos e apadrinha bares, restaurantes, clubes e artistas.

1889
A Antarctica começa a elaborar cervejas.

1888
O suíço Joseph Villiger estabelece uma pequena fábrica com o nome de Manufadtura de Cerveja Brahma & Villeger & Companhia, na rua Visconde de Sapucaí, Rio de Janeiro -RJ.

1885
Um grupo formado por industriais paulistas adquire um terreno no bairro da saliva Branca, em São Paulo, onde futuramente seria fixada a matriz da companhia Antarctica Paulista. Ali, começam a produzir gelo e produtos alimentícios.

1853
Fundação da Bohemia, a primeira cervejaria do Brasil.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp