Assinar Clube Express

Paludo e Hellmeister vence 500km de Interlagos e garante título de Endurance da Porsche Cup

Miguel Paludo e Alan Hellmeister foram os grandes vencedores dos 500km de Interlagos

Por Nathalia De Vivof1mania.net em 20/11/2023 às 06:54:56
Miguel Paludo e Alan Hellmeister foram os grandes vencedores dos 500km de Interlagos. Foto: Luca Bassani

Miguel Paludo e Alan Hellmeister foram os grandes vencedores dos 500km de Interlagos. Foto: Luca Bassani

Miguel Paludo e Alan Hellmeister foram os grandes vencedores dos 500km de Interlagos. Na corrida de longa duração da Porsche Cup que aconteceu neste sábado (18), a dupla conseguiu aproveitar as oportunidades e mesmo com o calor extremo, subiu ao degrau mais alto do pódio.

Para o momento da largada, o tempo estava extremamente quente. O sol brilhava forte no céu com poucas nuvens, enquanto o termômetro indicava 32ºC, o asfalto batia 43ºC e o vento soprava a 22 km/h.

No encerramento da temporada 2023, os companheiros que alinharam na pole-position do pelotão geral e também da Carrera Cup foram Marçal Müller e Enzo Elias. Já na Challenge, Sadak Leite/Fabio Carbone largou da posição de honra do grid.

A CORRIDA

Luzes apagadas, carro de segurança já dentro dos boxes e largada autorizada para a primeira das 117 voltas dos 500km de interlagos. Sem grandes problemas, Müller conseguiu manter a primeira colocação apesar dos ataques de Rafael Suzuki. Ricardo Zonta se manteve em terceiro, mas Peter Ferter tentava investir para tomar o posto.

Em um lance certeiro, ainda no fechamento do primeiro giro da disputa, Rafael conseguiu se aproximar e atacar o momento certo o ponteiro do Porsche #544 para se tornar o novo primeiro colocado da prova.

Após os primeiros instantes, a ordem na pista era Suzuki na primeira colocação, seguido por Marçal, Zonta, Alan Hellmeister e Ferter completando as cinco primeiras colocações. Na Sprint Challenge, Sadake Leite e Fabio Carbone ainda era a dupla que liderava na classe.

O primeiro incidente foi anotado pelo carro de Israel Salmen/Rafa Martins que foi tocado pelo Porsche do trio Paulo Totaro/Matheus Roque/Felipe Baptista. Nisso, Salmen, quem largou, rodou e caiu para a 34ª posição.

Dez voltas completadas e a primeira punição foi dada pela direção de prova. O carro de Nelsinho Marcondes teria de cumprir um drive-trhough por conta do incidente contra Paulo Sousa/Galid Osman/Bia Figueiredo.

Na volta de número 15, Luiz Landi era quem liderava na classe Challenge. Entretanto, na entrada do S do Senna, o piloto perdeu o controle do carro e rodou, escapando do traçado e despencando para 29º. Agora, o líder era Leite/Carbone.

Suzuki estava em uma vantagem para lá de confortável na primeira colocação. Com ainda 100 giros restantes para a bandeira quadriculada, o piloto estava mais de 6s à frente do segundo colocado, sem risco de ser ameaçado.

Ainda na primeira parte da corrida, o trio Ricardo Maurício/Gustavo Zanon/Ayman Darwich sofreu um golpe. Os competidores apontaram que o carro vinha falhando muito, mas após uma breve passagem pelos boxes, as coisas controlaram e Darwich voltou à pista.

Na volta 20, então, abriu a primeira janela de paradas em Interlagos. Gabriel Casagrande, Gaetano di Mauro, Renan Pizii, Franco Giaffone e Fefo Barrichello foram os primeiros nomes a terem ido aos boxes. Os competidores teriam dez minutos para fazer a primeira parada obrigatória.

Quando Nelsinho Monteiro fez a troca com Di Mauro, acabou deixando os boxes antes de o permitido. Cada parada deve ter, no mínimo, 6 minutos e o competidor deixou a área aos 5min59s697, precisando pagar os 0s3 na próxima passagem pelos boxes.

Com 24 voltas completadas, os líderes Suzuki/Lucas Salles viveram um breve momento de drama. Agora Salles atrás do volante, o competidor vinha com falta de ritmo e perdeu a primeira colocação, sendo ultrapassado por Miguel Paludo, novo primeiro colocado – na sequência, o piloto do #70 foi aos boxes.

Com 40 voltas completadas, uma nova rodada de paradas começava em Interlagos. A temperatura havia subido em relação à largada com 34ºC indicado no termômetro e o asfalto batendo 50ºC, com o vento soprando 30km/h.

Um desafio que vinha se desenhando para os competidores eram as altas temperaturas no Autódromo José Carlos Pace. Mesmo com a previsão de chuva em 51% entre as 17h e 18h, o alto calor vinha sendo algo que os pilotos precisavam lidar e superar.

Faltando ainda 11 voltas para a abertura da próxima janela de paradas, Ricardo Zonta foi mais uma das vítimas do pneu furado. O competidor, que estava na quarta colocação, precisou fazer uma visita aos boxes para a troca do traseiro direito.

Na volta 50, então, Israel Salmen e Rafa Martins obrigaram a saída do safety-car. Salmen, quem estava no carro, escapou da pista e bateu no muro de proteção, ficando preso e obrigando o acionamento do carro de segurança para a remoção do Porsche #133.

A ordem na pista neste momento era Hellmeister/Paludo na liderança, seguido por Müller/Elias, Ferter/Nunes, Chico Horta/William Freire e Eduardo Menossi/Pedro Boesel/Gabriel Casagrande completando as cinco primeiras posições. Liderando a Challenge vinha Danilo Dirani/Antonella Bassani/Célio Brasil.

Safety-car de volta aos boxes e relargada autorizada. Hellmeister conseguiu manter a primeira colocação, enquanto Müller e Ferter completando as três primeiras colocações.

Completado primeiro segmento dos 500km de Interlagos e quem conquistou a vitória da primeira parte foi a dupla Hellmeister/Paludo. Já na classe Challenge, Dirani/Bassani/Brasil foi o trio vencedor.

Na volta de número 59, aconteceu a abertura da terceira rodada de paradas nos boxes. Chico Horta, dentre os primeiros colocados, foi o último a entrar e assumiu por um momento a primeira colocação da corrida.

Com 50 voltas para a bandeira quadriculada, Paludo sustentava a primeira colocação com 4s550 de vantagem para Elias, segundo. Horta, Nunes e Lineu Pires completavam as cinco primeiras posições. Carbone ainda ponteava a Challenge.

Em uma reviravolta impressionante para o campeonato, Elias acabou se envolvendo em um choque contra Marcio Mauro. O piloto, dupla de Müller, bateu na lateral do adversário e despencou para quinto, enquanto Mauro teve um furo no pneu.

Com isso, a ordem passou a ser Paludo na primeira posição, seguido por Nunes, Lineu Pires, Freire e Elias. Neste momento, na volta 78, abria mais uma rodada de parada nos boxes.

Dois giros mais tarde, uma segunda saída do safety-car se fez necessária. Dessa vez foi por conta do Porsche de Leo Sanchez/Átila Abreu/Nelson Monteiro que deixou um rastro de óleo no asfalto.

Mais um golpe contra a prova de Elias e Müller, já que o Porsche #544 recebeu uma punição da direção de prova e teria de pagar um drive-through por conta do acidente conta Mauro.

A briga pela segunda colocação começou a ficar para lá de emocionante na parte final da disputa. Com 85 voltas completadas, Horta se aproximou e começou a atacar Ferter, que estava no segundo posto – a disputa também valia a vitória na classe Sport. Após insistir, Chico conseguiu consumar a passagem.

Agora, o drama se instalou na disputa da classe Challenge. Quando vinha na liderança do pelotão, Sadak precisou ir aos boxers com um aparente problema e, assim, Luiz Souza assumiu a primeira colocação.

v Já passando a barreira de 100 voltas completadas, Paludo/Hellmeister estava na primeira colocação, com Beto Gresse/Cristian Hahn/Lineu Pires, William Freire/Horta, Rubens Barrichello/Franco Giaffone e Diego Nunes/Ferter completando o pódio.

Faltavam apenas sete voltas, Paludo/Hellmeister caminhavam para o título da Carrera e Leite/Carbone estavam próximos do título da Challenge.

Bandeira quadriculada e muitos motivos para comemorar para Miguel Paludo e Alan Hellmeister. Além de garantir a vitória na prova de 500km em Interlagos, conquistaram o título do campeonato Endurance 2023 – Paludo ainda levou o overall. Na Challenge, Sadak Leite e Fabio Carbone são coroados.

PARCEIROS CLUBE EXPRESS

Maringá

-Veículos:

Golden Car Locadora

- Animais:

Animal Center Maringá

- Alimentos e Bebidas

Fatima Rico Tortas

- Vida Saudável

Armazém Vida Saudável

Comunicar erro
Redes sociais Regional

Comentários

Fale direto com o portal