MENU

06/01/2021 às 15h23min - Atualizada em 06/01/2021 às 15h23min

Marginal da BR-376, sentido Sarandi, ganha nome de Herta Maria Schlickmann Warmeling.

As Ruas 12 e 13, do Residencial Luzia Megiatto, também ganharam nomes; saiba mais.

Da Ass. Com. Marialva.
Ass. Com. Marialva
O lado direito da Marginal da BR-376 no sentido Marialva/Sarandi, que vai da Av. dos Cardeais, no Conjunto João de Barro,até um pouco à frente do Posto Amigão Km186, recebeu o nome: Herta Maria Schlickmann Warmeling. A lei aprovada na câmara, de autoria do Executivo, foi recém-sancionada pelo prefeito Victor Martini.
 
Nascida em 1963 em São Ludgero, no sul de Santa Catarina, transferiu-se a Marialva com o marido, Laércio Stange Warmeling (Lesso), e com a filha mais velha, Hully, nascida em 1984, que viria a ganhar uma irmãzinha, Layla, em 1997, já em Marialva. Em 1997, o casal fundou a Flexoprint, que gerou muitos empregos em nossa cidade. Ao longo de sua vida, Herta sempre se envolveu com a causa social, ajudando muitas pessoas. Era reconhecida como uma pessoa alegre e inspiradora.
 
Herta deixou este mundo ainda jovem, em 10 de maio de 2020, aos 56 anos, após 8 anos de luta contra um câncer de mama, diagnosticado em 2012. "Herta teve uma linda história de vida, tendo deixado para todos mais do que uma lição, mas um legado", comentou o prefeito Victor Martini.
 
Homenagens no conjunto Luzia Megiatto.
 
As Ruas 12 e 13, do Residencial Luzia Megiatto, também ganharam nomes, após aprovação de duas leis propostas pelo vereador Luciano Dario (PSD). A Rua 12 agora se chama José Pereira da Silva, e a 13 leva o nome de Aurélio Marini.
 
Nascido em Maringá, José Pereira da Silva também partiu cedo, aos 66 anos, vítima de um infarto. Ao longo de sua vida, superou muitas adversidades e é muito bem reconhecido em seu bairro, o Luzia Megiatto, por seus dotes como pintor. Ao falecer, em 5 de março de 2020, deixou a mulher (dona Ângela) e dois filhos (Elaine e Alexandre). A filha recebeu a notícia da lei com muito orgulho, pois é moradora da rua que agora leva o nome do pai.
 
Já Aurelio Marini veio de Itapira-SP. Nascido em 1915, instalou-se em Marialva com a mulher, Luiza, e o filho, Aderso, ainda em 1947. Trabalhou anos em lavoura de café e, após aprender as profissões de carpinteiro e pedreiro, contribuiu para o desenvolvimento do município ao participar da construção de muitas casas na cidade. Foi por muitos tempo morador da região central, na Rua Gastão Vidigal. Faleceu no dia 17 de junho de 1979. tendo sido esposo, pai e avô amoroso e dedicado.
 
 
PARCEIROS CLUBE EXPRESS
Maringá
-Veículos:
   Golden Car  Locadora
- Animais:
   Animal Center Maringá
- Alimentos e Bebidas
  Fatima Rico Tortas
- Lojas:
  Ricardo Eletro
- Clínicas:
  Clínica da Alma
- Vida Saudável
  Armazém Vida Saudável
Marialva:
- Papelarias:
  Papelaria Planalto
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp