MENU

21/12/2020 às 15h05min - Atualizada em 21/12/2020 às 17h30min

Esporte, dança e nutrição são temas de oficinas gratuitas do Instituto Olga Kos

A iniciativa faz parte do programa de capacitação social da organização que visa uma sociedade mais inclusiva

SALA DA NOTÍCIA Redação
Redação
Divulgação
O programa Expansão e Movimento do Instituto Olga Kos (IOK) promoveu em dezembro encontros com especialistas em dança, esporte e nutrição no projeto de capacitação social. A ação tem como objetivo fomentar a inclusão social e assim promover uma sociedade mais justa e acessível.

No dia 1 de dezembro a iniciativa do IOK contou com Roberto Gimenez, educador físico, que abordou o tema “Esporte Adaptado”. No dia 3, foi a vez de Joaci Castro, especialista em nutrição, que destacou a “Nutrição e os Autocuidados na Pandemia”. No dia 8 de dezembro, o projeto contou com a presença do Sensei Oshiro e Carlos Mariano, mestres das artes marciais que destacaram esta modalidade esportiva e a inclusão.

O Expansão e Movimento não parou por aí. No dia 10 de dezembro foi a vez de Juliana Cecato, psicóloga, que palestrou sobre a neurociência no esporte. Em seguida, Elisa Pilarski, fisioterapeuta, no dia 15, destacou: “O papel da fisioterapia nos esportes paralímpico. Para encerrar o mês de dezembro, no dia 17, os participantes contaram com a energia do coreógrafo Gustavo Paulino que destacou a dança como ferramenta de inclusão social.

Todos os encontros estão disponíveis no canal do IOK no YouTube.

“Cada encontro é um passo rumo a uma sociedade mais inclusiva e justa. Acreditamos que a troca de experiências, vivências, leva o público a compreender seus direitos e deveres. Finalizamos o mês de dezembro com a sensação de dever cumprido”, afirma Natália Monaco, responsável pelo departamento de pesquisa do Instituto Olga Kos.

Os encontros iniciaram no final de outubro e a previsão de conclusão é março de 2021. A ação tem como alvo profissionais de diversas áreas, como saúde, educação, psicologia, pedagogia, e demais ligados à causa da inclusão e atendimento da pessoa com deficiência, ligados às ODS (Agenda 2030) e, ainda, para familiares, estudantes da rede pública e/ou privada que tenham interesse pelos temas abordados.

O IOK atende em São Paulo cerca de 3 mil crianças, adolescentes e adultos com deficiência intelectual por meio de projetos culturais e esportivos, além de pessoas sem deficiência, que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

Para mais informações sobre o programa de capacitação social acesse os canais da organização:  @institutoolgakos ou www.institutoolgakos.org.br

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp