MENU

15/12/2020 às 12h53min - Atualizada em 16/12/2020 às 00h00min

5 dicas para aumentar as vendas com chatbots nesta época de festas

Por Cassiano Maschio 

SALA DA NOTÍCIA Vanessa Costa
www.inbenta.com.br

Estamos chegando a um dos períodos de compras mais movimentados de um ano que já foi muito promissor para o setor de e-commerce. Para varejistas online e empresas de comércio eletrônico, isso geralmente resulta em um volume de suporte significativamente maior para a equipe. Portanto, é melhor estar preparado para esse frenesi de compras que está prestes a atingir o seu negócio, especialmente porque a pandemia de Covid-19 impactou negativamente os resultados de vendas desde o início de 2020.

Então, como um chatbot pode ajudar sua marca a aumentar as vendas e maximizar os lucros nesta temporada de festas?

A ascensão do comércio eletrônico

Os consumidores sempre buscaram uma experiência de compra rápida e descomplicada. E, com os eventos adversos deste ano, querem, mais do que nunca, uma experiência de compra segura, que minimize o contato com outras pessoas, evitando shoppings lotados, por exemplo.

Isso significa que os assistentes virtuais, que já foram mais acionados durante a pandemia, terão que lidar com ainda mais demanda nas festas. 

Uma das soluções pode ser investir em abordagens de Inteligência Artificial, nos chatbots, para gerenciar esse pico de tráfego e consultas que irão surgir no período. Esta ferramenta automatizada pode não apenas apoiar seus agentes humanos e evitar uma queda nos níveis de satisfação do cliente, mas, também, ajudar a aumentar as vendas e transformar compradores de final de ano em clientes fiéis.

Como aumentar as vendas graças a um chatbot

 

1. Aumente as taxas de conversão

A taxa de rejeição média de sites de comércio eletrônico é de 20% a 40%. Não deixe os compradores saírem do seu site sem comprar o que procuram. Um chatbot está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana para responder às perguntas dos clientes, para apontá-los na direção certa quando tiverem problemas para encontrar o que procuram. Respostas personalizadas para datas específicas são diferenciais neste período e garantem que os visitantes do seu site não comprem da concorrência.

2. Fornecer recomendação de produto

Os assistentes inteligentes podem fazer algumas perguntas aos visitantes da página, para entender o que estão procurando e, com base em suas respostas, auxilia a restringir sua escolha fornecendo algumas opções.

3. Boost upsells

O histórico de navegação ou itens colocados no carrinho de compras também podem servir como uma base de recomendação para produtos adicionais, relacionados aos produtos originais que seus visitantes estão procurando. É possível configurar o chatbot para que seja ativado de forma proativa quando os visitantes acessarem a página de finalização da compra, a fim de sugerir itens adicionais, com base nos que estão prestes a comprar.

4. Reduza o abandono do carrinho

Oferecer suporte ou descontos, em uma mensagem proativa ao consumidor, na página de check-out, por exemplo, pode minimizar o abandono de carrinho. Ou ainda, ter a opção de chat ao vivo com a equipe de suporte nesta fase, para garantir que eles concluam a compra. As dúvidas mais comuns são referentes aos prazos de entrega e política de devolução.

5. Aumente as conversões de e-mail ou de campanhas de anúncios pagos

Provavelmente, você está tentando direcionar o máximo de tráfego possível para seu site de comércio eletrônico, com a ajuda de e-mail marketing ou campanhas pagas. Quando os visitantes acessam seu site após clicarem em um e-mail ou anúncio, não os deixe apenas em uma página de exibição de seu produto, envie uma mensagem direcionada,  por meio de chatbot, com base no anúncio ou e-mail de onde vieram. Você também pode fornecer algumas informações adicionais sobre o produto, dar um desconto ou apenas perguntar se precisam de ajuda e, assim, aumentar suas taxas de conversão.

Que tipo de chatbot implementar

Como você deve saber, nem todos os chatbots são criados iguais. O impacto de um chatbot nas vendas será diferente dependendo do tipo de tecnologia que ele usa.

 

Chatbots com base em menu / botão

Esses chatbots são os mais básicos. O usuário vai clicando em opções fornecidas, até que encontre a resposta. Isso funciona relativamente bem se o escopo for simples e se por sorte a pergunta do usuário se enquadrar em uma das categorias / opções oferecidas pelo chatbot; caso contrário, será inútil.

Chatbots baseados em reconhecimento de palavras-chave

O chatbot analisa palavras-chave na consulta do usuário e tenta combiná-las com um dos conteúdos disponíveis em sua base de conhecimento. Ele começa a se confundir quando o cliente usa outros termos não pensados, quando há redundâncias de palavras-chave entre várias questões relacionadas ou ambigüidades que o bot não consegue entender.

Chatbots baseados em Machine Learning

Esses chatbots usam algoritmos de Machine Learning de força bruta com base no treinamento de perguntas anteriores do usuário e expressões inseridas manualmente. Eles precisam de muitos conjuntos de dados para serem treinados e entender as solicitações dos usuários de maneira adequada. Entender como esses chatbots tomam uma decisão também é impossível para Botmasters e até mesmo para desenvolvedores, o que torna extremamente difícil solucionar problemas.

Chatbots de conversação usando IA simbólica

Esses chatbots usam conhecimento linguístico, semântico e contextual para responder, de forma eficaz, às perguntas do usuário, mesmo quando não foram feitas antes. Graças à Symbolic AI, eles aprenderam a entender a linguagem natural humana e, portanto, o significado por trás das consultas dos usuários. Eles oferecem taxas de resposta corretas que não podem ser correspondidas por outros tipos de chatbots e podem ser facilmente ajustados, se necessário, pois o Botmaster pode ver exatamente por que o chatbot tomou todas as decisões que tomou.

Como você pode imaginar, um chatbot de conversação que utiliza Symbolic AI será o mais adequado para entender as intenções por trás das perguntas de seus clientes, fornecer uma resposta eficaz e instantânea e permitir que sua organização feche mais vendas. Isso é de extrema importância quando se trata da experiência de compra on-line da temporada de férias e o ajudará a ficar à frente da concorrência e garantir o máximo de receita possível.

Por Cassiano Maschio , diretor de vendas e marketing da Inbenta Brasil, empresa especializada em atendimento ao consumidor online


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp