MENU

15/12/2020 às 15h18min - Atualizada em 16/12/2020 às 00h00min

Self-service analytics: o caminho para otimizar tempo e evoluir os negócios da empresa

Modelo de análise permite que profissionais visualizem dados com maior facilidade e elaborem novas estratégias

SALA DA NOTÍCIA Débora Ramos
divulgação

O crescimento da digitalização de processos empresariais promoveu outras demandas e forneceu insumos para análise de todos esses dados gerados, criando relatórios com resultados mais precisos. Ainda desconhecida, as tarefas geravam escopos maiores ao setor de Tecnologia das corporações, que movimentavam recursos complexos para conseguir extrair algo e enviar aos profissionais das áreas específicas. Agora, surge uma nova forma de mapear e gerir esse material, sem que seja necessário deslocar um profissional de TI para isso, chamada de self-service analytics.

Nesta forma de trabalho, os profissionais da linha de negócios, como os analistas de SEO e marketing, podem utilizar ferramentas de simples manuseio, com recursos analíticos básicos e capazes de produzir o material necessário para a realização da tarefa apenas com orientações da equipe de TI. Assim, o trabalhador não precisa ter um conhecimento muito profundo em estatística e tecnologia para compreender plenamente. 

Por conta desta menor rotação de material entre vários colaboradores e da concentração dos dados diretamente na mão das pessoas responsáveis por identificar os pontos de evolução, o processo tem permitido maior agilidade no momento da tradução dos números em informações sólidas.

Outro aspecto levantado é que o recurso permite aos usuários a criação e edição de seus próprios relatórios, painéis e outras visualizações para uso em fluxos de trabalho diários, descoberta de dados e tomada de decisões. Neste cenário, toda a carga de dados passíveis de análises fica sob o comando de uma única equipe, conferindo-lhes autonomia nos processos.

A adoção de uma ferramenta de análise de dados, como a Alteryx, pode ser realizada por corporações de qualquer segmento e de diferentes portes – das pequenas às grandes – para gerir o negócio.

Descoberta e evolução dos negócios

A governança de dados é fundamental para o sucesso do autoatendimento, para permitir um acompanhamento no dia a dia da empresa que servirá para futuras análises. O compartilhamento de informações e relatórios consistentes entre os colaboradores de dentro da corporação podem acelerar a descoberta de novas estratégias de trabalho resultando em evolução dos negócios.

Mesmo com uma interface descomplicada, entregar essa tarefa para os colaboradores necessita de treinamento e é fundamental que a equipe esteja alfabetizada em dados, para o profissional entender as funcionalidades da ferramenta e colocá-las nos modelos de BI (Business Intelligence, em inglês; Inteligência de Negócios, em tradução livre).


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp