MENU

02/09/2020 às 15h12min - Atualizada em 02/09/2020 às 15h12min

Sertões reúne patrocínio milionário e movimenta a economia.

28º edição do Rally acontece de 31\outubro a 8\novembro 2020.

Do F1mania.lance.com
Vinicius Branca.
A Can-Am aproveitará o evento para lançar sua linha 2021 de UTVs; a Pro Tork lançará uma coleção de produtos com a marca do rali; a Motul fornecerá lubrificantes e dará nome à categoria Self; a SFI CHIPS dará nome à categoria Regularidade; e a HStern fornecerá relógios para premiar os campeões e os cordões de prata usados pelos líderes de categoria
Tão grandioso quanto o Sertões, o maior rali do Brasil e das Américas, realizado pela Dunas Race, é o time de patrocinadores que respalda essa dura prova consagrada entre praticantes e apreciadores do mundo off-road e torna possível a longa vida do evento, que está em sua 28ª edição, e, desta vez, irá de São Paulo à praia de Jericoacoara, no Ceará, entre 31 de outubro e 8 de novembro, contando com o patrocínio de nove empresas, além dos patrocínios institucionais dos governos dos estados de São Paulo e do Ceará. Embora a Dunas e a maioria dos patrocinadores não revelem valores investidos, não é difícil calcular a dimensão financeira milionária que a realização do Sertões envolve. A prova de 2019 teve mais de 180 veículos competindo e um staff de cerca de duas mil pessoas. Por aí, dá para imaginar.
Chama a atenção o vigor financeiro do evento, na contramão do Brasil em crise anterior e contemporânea à pandemia de covid 19, como observa Henrique Rosa, gerente de marketing da BRP para América Latina, que estreia no patrocínio do Sertões com a marca de veículos Can-Am em 2020. “Gostaria de destacar a resiliência dessa prova e do segmento como um todo, que movimenta milhões de reais em investimentos de todas as partes, de patrocinadores, organizadores e participantes”, diz ele. “Mais importante ainda, é um evento que gera empregos, riqueza e negócios por todo o país, já que o segmento, com ou sem pandemia, segue vivo ano a ano e cada vez mais presente através de planos ambiciosos dos organizadores dessa e de outras provas”.
De olho nisso tudo, na categoria de patrocinadores desta edição do Sertões estão a Mitsubishi, pela 16ª vez; a Honda Motos, pela nona vez; a Divino Fogão, pela quinta vez ; e as estreantes Sabesp, Motul e Pro Tork. A categoria de apoio é composta pela joalheria HStern, em sua segunda experiência, e pelas estreantes Can-Am e SFI CHIPS. Cada empresa tem suas razões para apostar nesse produto chamado Sertões, cuja programação será anunciada na quarta-feira, 19 de agosto. Confira!

MITSUBISHI – Maior e mais antiga patrocinadora do Sertões, a montadora tem razões bem fortes para investir nesse rali. “Essa parceria, que já dura 16 anos, é muito benéfica para os dois lados, na minha opinião. Um evento como os Sertões reforça a imagem da Mitsubishi como ícone do estilo de vida 4×4. E essa imagem, por consequência, tem influência nas vendas. Hoje, mais de 70% dos participantes do Sertões fazem a prova a bordo de um Mitsubishi”, diz Letícia Mesquita, diretora de marketing da Mitsubishi Motors no Brasil. “Como marca, poder estar imersa no mundo 4×4 de alta performance, por meio de uma competição tão difícil e exigente, é algo muito positivo, reforça nossa imagem como ícone do mundo off-road no Brasil. Os veículos Mitsubishi conquistaram diversos perfís de público, do produtor rural aos praticantes do 4×4, de esportes ao ar livre e às famílias.” Por isso, e para isso, ralis estrelam o marketing da empresa: “A Mitsubishi é sinônimo de estilo de vida 4×4 e o esporte a motor é fundamental para a nossa estratégia de comunicação. Funciona como uma vitrine capaz de mostrar ao público toda a capacidade, robustez, segurança e confiabilidade que nossos veículos oferecem na prática. Mais que isso, mostramos por meio do esporte a motor que vendemos muito mais do que um veículo de qualidade, vendemos modelos que possibilitam levar um estilo de vida mais outdoor”.

HONDA – Patrocinando o Sertões pela nona vez, a montadora japonesa também compete, com sua equipe Honda Racing, e nos últimos cinco anos foi campeã da categoria motos. Resultados muito bem explorados em campanhas publicitárias e ações em redes sociais. Mas não é só, conta Odair Dedicação Júnior, gerente de marketing da Moto Honda: “Utilizamos o Sertões como um verdadeiro laboratório de testes para os nossos produtos, já que a prova exige alto rendimento dos equipamentos nas situações mais extremas”. Além disso, observa, “o Sertões também é um evento que proporciona a oportunidade de ativarmos diversas ações ao lado de clientes – a exemplo da Expedição Sertões Africa Twin, cujo roteiro incluiu a bigtrail Honda passando por cidades das regiões da prova – e ao lado de concessionários”. Em sua avaliação, “a parceria é muito importante para todos os envolvidos. O Sertões representa o desafio mais difícil do cenário off-road nacional, portanto, a hegemonia da Honda Racing na prova reforça a imagem vencedora da marca. Muito além de vender motos, o incentivo da Honda ao Sertões foca na valorização do esporte, do segmento off-road e do motociclismo com um todo”. Em 2020, a Honda “pretende marcar presença no Sertões por meio de ações online com o público e com a imprensa, da geração diária de conteúdo exclusivo sobre a prova nos canais Honda Racing e com iniciativas que envolverão os clientes e concessionários”, diz o executivo. E promete “muitas surpresas”.

MOTUL – A principal razão para a estreante Motul patrocinar o Sertões é o próprio evento, conta Guillaume Pailleret, CEO da Motul Brasil: “Tem a ver com a proposta do Sertões, uma prova tradicional, de qualidade, duríssima, que atravessa uma das mais belas regiões do planeta, com uma ação social efetiva e sincera. O Sertões tem a cara do Brasil e fazer parte dele sinaliza o compromisso da Motul com o mercado brasileiro, onde operamos há 20 anos”. A Motul também fornecerá lubrificantes para todos os competidores, e encara o Sertões como um campo de testes: “O produto Motul tem nas pistas o seu melhor laboratório de provas. A Motul, nos anos 1960, desenvolveu os primeiros óleos sintéticos automotivos do mercado justamente para equipes que participavam dos campeonatos europeus de velocidade”. Agora, o Sertões é “a chance de analisar o desempenho de óleos e fluídos em uma prova que leva máquinas e pilotos a condições extremas”. Em sua maior ação de marketing no Brasil, a marca francesa, que tem parceria histórica com o Dakar, bancará a categoria Self, que se chamará Self by Motul, a exemplo do que faz no Dakar com a categoria Original by Motul, em que pilotos de moto competem sem equipe: “Sempre apoiamos o Christian Costantini, o piloto que inventou a Self quando resolveu lá atrás correr o Sertões de moto por conta própria”. Pailleret frisa que “mais do qualquer ganho de imagem ou de mercado, uma ação desse porte faz sentido se é verdadeira, se tem a ver com a história da marca. E competição está no DNA da Motul. Globalmente, a nossa marca esteve e está nos maiores eventos de esportes a motor”.

PRO TORK – Maior fábrica de peças e acessórios para motocicletas da América Latina e líder mundial em capacetes, com mais de 40 mil itens de fabricação própria no Brasil, a paranaense Pro Tork mantém agressiva estratégia de marketing no mercado de motocicletas. Patrocina de atletas e pequenos eventos locais a equipes internacionais, como a TLD / Red Bull / KTM no norte-americano AMA Motocross. O patrocínio do Sertões envolve negócios, e Marlon Bonilha, diretor-presente da empresa, tem grandes expectativas: “É uma excelente oportunidade para divulgarmos nossa marca e também explorar estratégias comerciais, como a criação de produtos licenciados com a marca Sertões, que em breve estarão disponíveis nas melhores lojas do Brasil. Temos uma ótima perspectiva comercial ao aliar as duas marcas”. Há o aspecto de marketing: “O evento nos dará muito retorno de mídia, já que temos grandes nomes brigando por títulos, o que fortalece nossa imagem em meio ao público alvo”. E há os frutos no aspecto esportivo. Bonilha lembra que pilotos patrocinados pela Pro Tork sempre participaram da prova: “Em 2019, o Rafa Espíndola conquistou o título na categoria Brasil e nesse ano estará defendendo. Também estaremos presentes com o Lincoln Berrocal – que ganhou destaque no último Dakar ao ser o piloto mais velho entre as motos, com 60 anos, e com Emerson Loth – tetracampeão brasileiro de enduro de regularidade”.

DIVINO FOGÃO – Por tás do Divino Fogão, está o piloto Reinaldo Varela, um dos mais importantes nomes do rali brasileiro, tricampeão mundial de Rally Cross Country e campeão do Dakar 2019 na categoria UTV, que acumula mais de 300 largadas e 120 vitórias, em mais de três décadas de off-road, incluindo nove títulos de campeão, sendo dois na geral, e 13 títulos de vice-campeão, sendo cinco na geral, em 20 participações no Sertões. Com os filhos pilotos Rodrigo, Gabriel e Bruno, e com a esposa Nani na retaguarda da equipe, forma a famosa Família Poeira. Com Nani, Varela comanda a franquia de restaurantes de comida de fazenda Divino Fogão, que tem 180 lojas em todas as regiões brasileiras. Tudo a ver com o Sertões. Justamente por viver nesse mundo off-road, em 2016 ele passou a investir no rali: “Patrocinamos porque é um grande evento do meio em que nós vivemos e pelo retorno de imagem que dá, por ser um esporte muito bem visto no mundo inteiro e no Brasil. É o maior rali do país. É uma satisfação contribuir para que o evento seja cada vez melhor”. Uma parte do patrocínio se dará pelo fornecimento de alimentação no evento de lançamento e no paddock da competição. Ele explica que o retrocesso financeiro provocado pelo novo coronavírus 19 trouxe dificuldades: “Estamos conversando para fazer uns ajustes, porque não é só a parte do dinheiro. Existe a parte social no meio disso tudo. É complicado, porque, com a pandemia da covid 19, você tem que cortar em diversos segmentos do seu próprio negócio. Vamos entrar ajudando, fazendo novas ações, visando a parceria que temos há anos para continuar em 2021”.
CAN-AM – Líder do mercado brasileiro de UTV (Utility Task Vehicle, veículo utilitário multitarefas) e com anos de apoio a competidores off-road, a canadense BRP orienta seu marketing para “mostrar o quanto possuir um veículo Can-Am pode ser uma excelente forma de lazer para toda a família”. Entrar no time de apoiadores do Sertões é “um caminho natural de alinhamento de objetivos”, diz Henrique Rosa, gerente de marketing da BRP para América Latina: “A vontade de compartilhar a visitação aos lugares mais belos e incríveis que o Brasil tem, mas que somente um veículo 4×4 possibilita; o desejo em sempre viver alegre e intensamente cada momento com os amigos e família e, ao mesmo tempo, fomentar a economia e atrelando ao cunho social. Desde o início das nossas atividades, com foco em eventos de lazer com comunidades, seguimos esses princípios. Agora, temos mais esse ponto em comum com o Sertões”. E há o domínio esportivo, com UTVs fornecidos para diversas equipes: “Considerando o Sertões, são sete vitórias consecutivas”. A BRP planeja colher bons frutos para a Can-Am: “Esperamos o retorno de presença da marca no país, seja por uma possível vitória na prova, seja pelo alcance gerado pelas ativações conjuntas. Tem a possibilidade de geração de conteúdo único e diferenciado, e a exposição para outras partes do mundo, por meio dos nossos canais e de parceiros. E todo o “barulho” criado em torno do evento gera uma oportunidade única para o lançamento da nova linha 2021, com o maior evento off-road do país como cenário”.
 
HSTERN – Para a HStern, o Sertões é uma grande vitrine, em que começou a se expor em 2017, quando foi convidada pela Dunas Race para criar os relógios que foram os prêmios da edição comemorativa de 25 anos do evento. A ideia fez tanto sucesso que, nos anos seguintes, os vencedores continuaram recebendo relógios da marca como prêmios. E, em 2019, a joalheria criou, a pedido da Dunas, o cordão do líder, uma corrente de prata que os vencedores de cada categoria recebem no fim de cada etapa, e, no dia seguinte, passam para os vencedores da próxima etapa. Alix de Ligne, gerente de marketing da HStern, identifica similaridades entre as marcas: “Em especial, a missão de valorizar o melhor do Brasil em nível internacional. Nós trabalhamos com ouro, pedras preciosas e a arte joalheira. O Sertões, por sua vez, nos mostra os tesouros do interior do Brasil através das paisagens por onde passa”. O retorno vem na divulgação de seus produtos: “É uma satisfação levar a HStern ao público fiel do Sertões, que muitas vezes conhece a marca pelo prestígio joalheiro que conquistamos há 75 anos, mas ainda não está familiarizado com a nossa coleção de relógios masculinos, que inclui alguns modelos desenhados especialmente para amantes de esporte e aventura como eles”. Na edição de 2020, os prêmios serão relógios modelo HStern ID Oversized, com design esportivo e ponteiros na cor laranja, em homenagem ao Sertões.
 
SFI CHIPS – O negócio da SFI CHIPS é soluções de preparação eletrônica, o chamado chip de potência. A empresa patrocina vários pilotos, equipes e campeonatos de rali, acumulando 16 vitórias em várias categorias do Sertões. E participou, com a Spinelli Racing, do projeto da picape Mitsubishi L200 Triton Sport R, que sai da fábrica com seu chip de potência. “Nossa atuação no Sertões sempre foi marcante, já que usamos o certame como campo de provas e desenvolvimento para nossas soluções de alto desempenho”, conta Marcio Medina, diretor da SFI CHIPS, que estreia como apoiadora do evento. “Porque temos responsabilidade social com o momento atual do país. Várias famílias dependem desse esporte e não podemos ser omissos em relação a isso. Ao todo, a caravana do Sertões engloba aproximadamente duas mil pessoas, entre competidores e staff”, ele justifica. E afirma que “a credibilidade do evento é fenomenal, fruto de anos de trabalho sério e comprometido com resultados. É uma competição diferenciada, por reunir profissionais de excelência e altíssimo nível técnico”. A parceria envolve também a categoria Regularidade, que enfrentava falta de competidores, e em 2020 se chamará Regularidade by SFI CHIPS: “O rali de regularidade é a porta de entrada para as demais categorias de rali. É uma forma de apresentar o esporte àqueles que ainda não possuem equipamento ou investimento para participar das categorias principais, uma vez que a dupla pode competir com um carro 4×4 de uso urbano adaptado com os devidos equipamentos de segurança”. Nicho, aliás, onde estão um bocado de clientes potenciais para a SFI CHIPS.
 
PING-PONG COM JOAQUIM MONTEIRO, CEO DA DUNAS RACE
Qual é a estratégia de marketing do Sertões?

JM: O Sertões sintetiza os melhores atributos do Brasil: a beleza da natureza, a grandeza da nação e a hospitalidade do brasileiro. Todo ano o Sertões tem um roteiro fascinante e revela um Brasil que pouca gente conhece. Trata-se de um evento nacional que integra os estados e promove o que o país tem de melhor. Nossa estratégia é baseada em três dimensões. Esporte – é o maior rali das Américas; turismo – criamos expedições que vão em paralelo ao rali, visitando os parques nacionais; e o social – levamos atendimento médico gratuito para lugares remotos e carentes do Brasil, por meio do SAS – Saúde & Alegria no Sertões. O Sertões tem tudo para ser um evento que representa o Brasil, reconhecido pela exuberância natural, que é justamente o pano de fundo do Sertões.
 
O que o Sertões tem a oferecer como retorno aos seus patrocinadores?
JM: O Sertões vai muito além das propriedades tradicionais de arena (placas, backdrops, etc.). Trata-se de um ótimo laboratório para testes dos produtos de patrocinadores, sejam veículos, tecnologia ou serviços. No ano passado, tivemos retorno de mídia espontânea de R$ 130 milhões. O que demonstra interesse no conteúdo gerado. Nossas redes sociais têm mais de 600 mil seguidores, e o aplicativo Sertões, que permite acompanhar ao vivo, proporciona ainda mais visibilidade. O Sertões é mais do que uma competição. É o ato de se aventurar e cruzar o Brasil. Não é uma prova exclusiva para profissionais. Com relação à responsabilidade social, nossos patrocinadores também fazem parte da diferença que fazemos ao ajudar aqueles que precisam e moram em locais remotos que não têm ONGs. Existe também a plataforma de relacionamento dos nossos patrocinadores com seus respectivos clientes, que levam para ter uma experiência única e memorável.
 
Como a Dunas lidou com a surpresa da pandemia da Covid 19? Mudou algo?
JM: Sim, este é um ano atípico. Um ano diferente pede um Sertões diferente. Nosso foco foi voltado totalmente para o social e a implantação de um rígido protocolo de segurança na parte esportiva. Este ano vamos adaptar a parte esportiva, postergar a parte de turismo e turbinar a parte social.
PS: Após a publicação desta matéria, no evento em que apresentou a programação do Sertões 2020, em 19 de agosto, em São Paulo, a Dunas Race informou que a prova será encerrada em 7 de novembro, em Barreirinhas, no Maranhão, e revelou a adesão de novas empresas ao patrocínio de apoio: Líder Aviação, Reserva e Truckvan.
 
PARCEIROS CLUBE EXPRESS
Maringá
-Veículos:
   Golden Car  Locadora
- Animais:
   Animal Center Maringá
- Alimentos e Bebidas
  Fatima Rico Tortas
- Lojas:
  Ricardo Eletro
- Clínicas:
  Clínica da Alma
- Vida Saudável
  Armazém Vida Saudável
Marialva:
- Papelarias:
  Papelaria Planalto
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp