MENU

01/09/2020 às 13h37min - Atualizada em 01/09/2020 às 13h37min

Fórmula Indy: Newgarden segura O’Ward e vence em Gateway.

O piloto da Penske tomou a liderança na volta 156 para vencer.

Do F1mania.lance.com
IndyCar


Josef Newgarden venceu neste domingo (30) a segunda corrida da etapa de Gateway da Indy. Em uma corrida sem grandes emoções desde a largada, o piloto da Penske tomou a liderança da prova de forma definitiva na volta 156, quando Colton Herta foi aos boxes, e impediu a aproximação de Pato O’Ward para vencer pela segunda vez na temporada.
A segunda posição ficou com O’Ward, piloto da McLaren que, assim como no sábado, liderou parte da corrida, mas acabou superado na parte final. Will Power, com um segundo carro da Penske, completou a prova na terceira colocação, sendo seguido por Rinus VeeKay, quarto com um equipamento da Carpenter. O grupo dos cinco primeiros foi completado por Scott Dixon, da Chip Ganassi.
Colton Herta, com um carro preparado pela Andretti, finalizou a prova na sexta colocação, enquanto Felix Rosenqvist, da Chip Ganassi, fechou a corrida em sétimo. Conor Daly, com um equipamento da Carlin, acabou na oitava posição, enquanto Takuma Sato, que causou a única bandeira amarela, causando o encerramento da prova, foi o nono com a Rahal Letterman Lanigan. Santino Ferrucci, da Dale Coyne, foi o décimo.
 
Tony Kanaan, que fez sua última corrida na temporada da Indy, terminou a prova apenas na 19ª posição, mesma colocação em que largou com o carro da AJ Foyt. O brasileiro considera fazer outras provas na categoria americana em 2021, mas admite não ter patrocínio nem equipe para correr no ano que vem.
A próxima etapa da Indy está marcada para o dia 2 de outubro, no circuito misto de Indianápolis. Porém, existe a possibilidade de a rodada dupla de Mid-Ohio ser remarcada para o mês de setembro.
 
Como foi a corrida:
A prova começou com o início da contagem de voltas com bandeira amarela. A bandeira verde foi acionada apenas no terceiro giro, com Takuma Sato mantendo a primeira colocação, seguido por Josef Newgarden e Will Power. Simon Pagenaud perdeu muitas posições nos primeiros metros, enquanto Tony Kanaan manteve a 19ª colocação.
Na volta 15, Sato abriu 1,5 segundo em relação a Newgarden, que também tinha uma vantagem que o possibilitava não ser atacado por Power. Mais atrás, Kanaan se mantinha meio segundo atrás em relação a Zach Veach, o 18º colocado. Apesar disso, o brasileiro levava sete décimos de vantagem para Oliver Askew.
Newgarden passou a se aproximar de Sato na volta 29, enquanto Power chegou no atual campeão e companheiro de equipe. O australiano foi para o ataque e conseguiu a ultrapassagem na volta 35, tomando a segunda colocação. Pouco depois, Rinus VeeKay abriu a rodada de paradas nos boxes no 42º giro, em ação seguida por Ryan Hunter-Reay na volta seguinte.
Entre os líderes, Pato O’Ward foi aos boxes na volta 47, enquanto Newgarden e Dixon pararam na passagem seguinte. Power reabasteceu e trocou pneus na volta 49, enquanto Colton Herta fez seu pit stop na volta 54. Líder da prova, Sato só parou na volta 60. O mexicano da McLaren assumiu a liderança da prova, seguido por Power, VeeKay, Newgarden e Dixon.
 
A segunda rodada de paradas nos boxes foi aberta na volta 94, quando Álex Palou, Ryan Hunter-Reay, Felix Rosenqvist e Marcus Ericsson pararam. VeeKay parou na volta 96, enquanto O’Ward trocou pneus e reabasteceu na passagem seguinte. Power e Dixon fizeram suas paradas no giro 99. Já Newgarden fez seu pit stop no giro 103. Takuma Sato, então, assumiu a liderança.
O vencedor das 500 Milhas de Indianápolis, que vinha em uma estratégia de paradas diferente dos rivais, fez sua segunda parada nos boxes na volta 110. Kimball parou na volta 113, enquanto Colton Herta e Marco Andretti fizeram seus pit stops no 114º giro. Power voltou à liderança, sendo seguido por O’Ward, Newgarden, VeeKay e Sato.
A corrida entrou nas últimas 40 voltas com Newgarden na liderança, seguido por O’Ward, Power, Herta e VeeKay. Quatro voltas depois, Herta perdeu o traçado enquanto defendia a posição do holandês da Carpenter e quase foi para o muro, caindo da quarta para a sexta posição, sendo superado também por Scott Dixon.
Newgarden mantinha uma vantagem de meio segundo para O’Ward, que sofria para conseguir aproximação. Os dois, porém, vinham mais de quatro segundos à frente de Power. A corrida entrou nas dez voltas finais com o piloto da Penske ainda na liderança, em que pese o mexicano diminuir a distância para o atual campeão.
 
Com cinco voltas para o final, VeeKay passou a atacar Power pela terceira posição. A primeira bandeira amarela da prova foi acionada na volta 198, quando Takuma Sato acertou o muro, provocando o encerramento da prova com vitória de Newgarden, sendo seguido por O’Ward e Power.
 
PARCEIROS CLUBE EXPRESS
Maringá
-Veículos:
   Golden Car  Locadora
- Animais:
   Animal Center Maringá
- Alimentos e Bebidas
  Fatima Rico Tortas
- Lojas:
  Ricardo Eletro
- Clínicas:
  Clínica da Alma
- Vida Saudável
  Armazém Vida Saudável
Marialva:
- Papelarias:
  Papelaria Planalto
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp