MENU

23/04/2019 às 08h35min - Atualizada em 23/04/2019 às 08h35min

Maringaenses terão oportunidade de se apresentar com um dos maiores maestros brasileiros.

Dir. Com. Maringá
Divulgação


Regentes e músicos de orquestras maringaenses terão no dia 1º de maio a oportunidade de se apresentar com João Carlos Martins, um dos maiores maestros brasileiros. O Convite à Música especial abre a programação de aniversário de 72 anos de Maringá e será realizado no Parque Alfredo Nyffeler.
 
A apresentação integra o projeto “Orquestrando Brasil” idealizado pelo maestro. “A iniciativa é o legado que pretendo deixar. Quero ajudar os milhares de grupos espalhados pelo país a evoluírem artisticamente, ampliando sua atuação e conquistando novos públicos. Vamos democratizar a música clássica no Brasil”, enfatiza Martins.
 
Entre os grupos do Convite à Música Especial, está a Orquestra Maringaense de Viola Caipira. Criada em meados de 2015, já se apresentou com Renato Teixeira no Natal Maringá Encantada, participou do Mil Violas, evento realizado em Uberlândia em 2017 que entrou para o Guinnes por reunir o maior número de violeiros, tendo até mesmo mostrado seu talento para o maestro no ano passado.
 
“Estamos ansiosos por esse momento de dividir o palco com o maestro João Martins. Será único e certamente marcará a carreira da orquestra que reúne, em sua maioria, músicos não profissionais e amantes da viola caipira”, explica o coordenador do grupo, Jean Michel.
 
Além da orquestra de violeiros, a apresentação contará com outros três grupos maringaenses. O Centro de Difusão Musical do Sesc Maringá atende mais de 300 adolescentes e conta com aulas gratuitas de 10 instrumentos musicais (violino, viola, violoncelo, violão, viola caipira, flauta transversal, saxofone, trompete, trombone e percussão). Os alunos atendidos têm idade de 11 a 16 anos e além da oportunidade de contato com esses instrumentos, participam de aulas de apreciação, teoria e expressão musical.
 
Já o Projeto Som da Banda, além de aulas de instrumentos de fanfarra, proporciona estudos de coreografias e canto coral. Mais de 200 crianças e adolescentes são atendidas anualmente. A iniciativa advém da fanfarra do colégio Branca da Mota Fernandes, tricampeã nacional na categoria nos anos 1990. 
 
A apresentação também terá a participação do Cobra Coral. Fundado em 1996, é composto em sua maioria por leigos em música. Com apresentações em diversas cidades do país, realizou turnês na Espanha e na Itália. O evento com Martins contará ainda com a Associação Solidariedade Sempre de Londrina. 
 
“Essa é a primeira vez que esses grupos se apresentarão de forma conjunta. Além de estarem dividindo palco com um dos maiores maestros brasileiros, estarão com uma história viva de superação”, ressalta o secretário de Cultura, Miguel Fernando.
 
Cada um dos grupos realizará a apresentação individual para depois iniciar o espetáculo com cerca de 170 integrantes, regido por Martins e marcado por diversos temas.
Considerado um dos maiores interpretes de Bach do século XX pela crítica internacional, Martins ocupa um lugar ímpar no cenário musical brasileiro. Sua trajetória é marcada pela resistência. Após diversas pausas forçadas por problemas de saúde, trocou os pianos pela regência e continua se apresentando com orquestras. 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Fale conosco pelo Whatsapp.