MENU

15/04/2019 às 15h21min - Atualizada em 15/04/2019 às 15h21min

Em Roma, Mitch Evans conquista primeira vitória da Jaguar na formula-E.

f1mania.lance.com
autoesport.com


Mitch Evans segurou Andre Lotterer em um duelo emocionante nas ruas de Roma para dar à Jaguar sua primeira vitória na história da Fórmula E.
O neozelandês, dono de uma ultrapassagem em uma linda manobra do piloto da DS Techeetah a 15 minutos do fim, logo depois de ser o primeiro dos dois a usar o Modo Ataque. Evans colocou de lado sobre Lotterer quando a dupla entrou na chicane das curvas 11 e 12 e passou se esfregando para assumir a liderança que ele defenderia até o final da corrida.
Lotterer respondeu usando o Modo Ataque duas vezes seguidas, mas não conseguiu achar um espaço para passar o piloto da Jaguar, que ainda tinha mais um Modo Ataque para usar.
Evans tentou contra-atacar o segundo Modo Ataque de Lotterer, mas perdeu o ponto de ativação, o que deixou o carro da DS Techeetah na sua cola, mas Evans conseguiu se defender ao pegar a potência extra na volta seguinte.
A dupla cruzou a linha de chegada por nove décimos de segundos, com Evans conquistando a primeira vitória da sua carreira na categoria de monopostos 100% elétricos.
Stoffel Vandoorne, enquanto isso, passou toda a corrida na terceira posição para conquistar seu primeiro pódio na Fórmula E e o primeiro pódio também da equipe HWA Racelab.
Robin Frijns, da Virgin, fez uma manobra no fim da corrida sobre Sebastien Buemi, da Nissan, para terminar em quarto, enquanto o companheiro de Buemi, Oliver Rowland, chegou em sexto.
O companheiro de Frijns, Sam Bird, por outro lado, esteve envolvido em uma primeira volta caótica que viu dois incidentes separados que causaram uma longa parada de bandeira vermelha.
Bird foi acertado por Jose Maria Lopez na chicane da Curva 11 e foi forçado a abandonar naquele momento, enquanto Lopez então acertou outra barreira em outra chicane instantes depois, causando um congestionamento.
A longa bandeira vermelha permitiu que vários pilotos retornassem à disputa, como o companheiro de Lotterer, Jean-Eric Vergne, que reparou seu carro e terminou dentro da zona de pontuação. No entanto, o atual campeão perdeu sua posição no top 10 quando foi punido por ultrapassar sob bandeira amarela causada por Felipe Massa parando seu carro na pista por conta de um problema mecânico.
Ambos os carros da Venturi de Massa e Mortara abandonaram, assim como Gary Paffett, da HWA, que acertou o carro de Lopez durante o incidente que causou a bandeira vermelha.
O até então líder do campeonato Antonio Felix da Costa terminou em nono, atrás dos seus rivais pelo título Lucas di Grassi e Jerome d’Ambrosio, enquanto Pascal Wehrlein completou o top 10.
Maximilian Gunther estava andando bem pela Dragon depois da relargada, apesar de acertar o muro durante a primeira volta, mas acabou terminando fora dos pontos com uma punição de cinco segundos aplicada em seu tempo final de corrida por ultrapassar o limite de velocidade durante a bandeira amarela.
A Fórmula E volta em duas semanas com o ePrix de Paris.
Confira a classificação final do ePrix de Roma:
1) Mitch Evans
2) André Lotterer
3) S.Vandoorne
4) Robin Frijns
5) Sébastien Buemi
6) Oliver Rowland
7) Lucas di Grassi
8) Jerome d’Ambrosio
9) Antonio Felix da Costa
10) Pascal Wehrlein
11) Sam Bird
12) Alex Lynn
13) Oliver Turvey
14) Jean-Éric Vergne
15) Tom Dillmann
16) José María López
17) Alexander Sims
18) Daniel Abt

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Fale conosco pelo Whatsapp.