MENU

15/04/2019 às 15h17min - Atualizada em 15/04/2019 às 15h17min

GP da China: Hamilton supera Bottas e vence a corrida #1000 da F1.

F1lance.mania.com
f1mania.lance.com


Lewis Hamilton venceu a corrida de número 1000 da história da Fórmula 1 depois de superar seu companheiro de equipe, Valtteri Bottas, no Grande Prêmio da China deste domingo.
Bottas terminou em segundo à frente de Sebastian Vettel, da Ferrari, completando o pódio chinês. Max Verstappen foi o quarto e Charles Leclerc o quinto colocado.
Com a vitória, Hamilton assumiu a liderança do mundial pela primeira vez em 2019.  O britânico teve uma corrida tranquila e não foi desafiado na vitória número 75 de sua carreira.
Logo na largada, Hamilton passou Bottas por fora, e assumiu a liderança na primeira curva, mantendo a estatística da temporada 2019 que ainda não viu a vitória de um pole position. Leclerc também ultrapassou seu companheiro de equipe Vettel na Curva 1, mas não conseguiu acompanhar as Mercedes.
Ainda na primeira volta, Daniil Kvyat acertou o carro de Lando Norris – que acabou batendo na MCL34 de seu companheiro de equipe, Carlos Sainz – na Curva 6. Kvyat recebeu um ‘drive-through’ como penalidade pelo incidente, enquanto a McLaren não conseguiu pontuar no Circuito Internacional de Xangai.
Na 11ª volta, a Ferrari pediu para Leclerc deixar Vettel passar, na tentativa do alemão perseguir Bottas. No entanto, Vettel não conseguiu avançar rapidamente e enquanto ele trazia Leclerc junto com ele, Verstappen também se aproximava com a Red Bull.
O holandês, em seguida, fez sua parada e voltou com os pneus médios. Vettel respondeu na próxima volta, saindo na frente de Verstappen. O piloto da Red Bull ainda tentou ultrapassar Vettel na Curva 14, mas não conseguiu a manobra, depois que o alemão ocupou seu espaço e quase mandou Verstappen para a grama. Leclerc ficou na pista com os pneus médios e, quando fez sua parada, saiu atrás de Verstappen na quinta posição onde permaneceria pelo restante da corrida.
Lá na frente, a Mercedes fazia uma corrida solitária caminhando para sua terceira dobradinha seguida na temporada, dando à equipe alemã 100% de aproveitamento no ano.
Pierre Gasly conseguiu seu melhor resultado com a Red Bull, terminando na sexta posição no GP da China. Ele ainda faturou o ponto extra pela volta rápida, depois que trocou para pneus macios novos nos estágios finais da corrida.
Daniel Ricciardo teve também uma corrida tranquila com a Renault, marcando seus primeiros pontos do ano na P7. Ele liderou Sergio Perez e Kimi Raikkonen, que foram oitavo e nono, respectivamente.
Depois de largar os boxes, Alexander Albon optou por uma estratégia de uma parada para terminar dentro da zona de pontuação. Ele também venceu o prêmio de “Piloto do Dia”.
Foi um dia complicado para a Haas, que não conseguiu pontuar com Romain Grosjean e Kevin Magnussen, apesar de começar entre os dez primeiros na China.
A Fórmula 1 retorna no dia 28 de abril com o Grande Prêmio do Azerbaijão. A F1Mania estará AO VIVO e em TEMPO REAL com todas as informações da F1 em Baku.
 
Confira  o resultado final do Grande Prêmio da China de F1:
1) Lewis Hamilton (Mercedes)
2) Valtteri Bottas (Mercedes)
3) Sebastian Vettel (Ferrari)
4) Max Verstappen (Red Bull/Honda)
5) Charles Leclerc (Ferrari)
6) Pierre Gasly (Red Bull/Honda)
7) Daniel Ricciardo (Renault)
8) Sergio Pérez (Racing Point/Mercedes)
9) Kimi Räikkönen (Alfa Romeo/Ferrari)
10) Alexander Albon (Toro Rosso/Honda)
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Fale conosco pelo Whatsapp.