MENU

09/04/2019 às 16h39min - Atualizada em 09/04/2019 às 16h39min

Empresa mineira ganha concessão para operar o Terminal de Cargas.

Dir. Com. Maringá
wikipédia.com.br


A empresa logística BHZ Log, de Belo Horizonte, é a vencedora da licitação para a concessão do Terminal de Cargas (Teca) do Aeroporto Regional de Maringá.
O processo licitatório foi concluído nesta segunda-feira, 8, na Prefeitura de Maringá, que havia estipulado a proposta mínima de um aluguel mensal de R$ 18 mil para a concessão por 10 anos.
A empresa vencedora apresentou a proposta de pagamento de R$ 18,5 mil de aluguel mais 5 por cento de participação sobre o faturamento mensal.
Instalado em uma área de 5.272m², o Terminal de Cargas dispõe de um barracão com 1.214m², área descoberta de docas de 1.476m², área interna de mais 517m² e pátio externo de 2.063m².
 
Porto Seco
De acordo com o superintendente do Aeroporto Regional de Maringá, Fernando Rezende, a partir da definição da empresa concessionária, o terminal aeroportuário voltará a ser explorado comercialmente para armazenagem, movimentação e liberação de cargas aéreas e terrestres nacionais e internacionais, já que o Teca estava sem operação desde o ano passado, quando a concessão foi devolvida pela empresa Multilog. “Isso significa a recuperação do nosso Porto Seco e o fim dos transtornos que seu fechamento vinha causando para empresas exportadoras e importadoras da região, que tinham que fazer o desembaraço aduaneiro de seus produtos no Porto de Paranaguá ou de Itajaí. Isso representa um ganho fantástico para toda a região, além de gerar novos empregos para operadores do setor”, assegura Rezende.
A partir da homologação do processo licitatório pela Prefeitura de Maringá, a empresa vencedora tem 6 meses de prazo de carência para iniciar as operações.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Fale conosco pelo Whatsapp.