MENU

07/02/2020 às 14h33min - Atualizada em 07/02/2020 às 14h33min

Prefeitura de Maringá mobiliza lideranças da região contra dengue.

Combate a Dengue

Da Dir. Com. Maringá.
Andye Iore PMM


A prefeitura de Maringá realizou na manhã do dia (5), uma reunião com lideranças da região sobre combate aos focos do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue. Evento lotou sala de reunião no Paço Municipal. Diferentes segmentos apresentaram sugestões para trabalho preventivo. Comitê de Gestão será montado no gabinete do vice-prefeito Edson Scabora. Um grupo de whats app reunirá lideranças e interessados em trabalhar contra a dengue para articular ações. 
 
"Trabalhamos com força máxima contra a dengue", disse o prefeito de Maringá, Ulisses Maia, ao comentar iniciativas já adotadas nos últimos dias. Como mutirão de limpeza que recolheu quase 300 toneladas de lixo e materiais inservíveis no último final de semana. A ação continua, contemplando outras regiões da cidade. Funcionamento de unidades básicas em horário estendido (até 21 horas), também integra o conjunto de medidas no combate e prevenção da dengue.
 
Outras ações anunciadas ontem foram parceria de conscientização com a Secretaria de Educação na volta às aulas. As roçadas foram intensificadas. Há 15 equipes nas ruas todos os dias. População é orientada a não colocar materiais na frente das casas e ruas. Deve aguardar anúncios de novos mutirões e pontos fixos de coleta. O diretor da 15ª Regional de Saúde, Ederlei Alkamim, esclareceu que o fumacê não tem mais efeito no Aedes Aegypti, conforme orientações do Ministério da Saúde sobre não usar mais o fumacê. Que um novo produto deve ser aplicado a partir de março. 
 
Secretário de Saúde, Jair Biatto, apresentou dados e alertou que casos devem aumentar, conforme anúncios do Ministério da Saúde e Secretaria de Saúde do Paraná (Sesa). A estimativa dos órgãos é que em março haja um pico de casos positivos, aumentando riscos de mortes pela doença. "Temos que fazer ações para mudar o resultado da dengue em Maringá e no Paraná", disse Biatto. 
 
Relatório da Sesa apontou que há 14.697 casos positivos de dengue no Paraná e sete mortes pela doença. Sendo que estão em investigação oito óbitos em hospitais de Maringá, com pacientes entre 7 e 88 anos, sendo cinco maringaenses e três de outras cidades. São 50 cidades paranaenses em epidemia e 29 em estado de alerta. 
 
Promotora de Justiça, Michele Nader, anunciou que Ministério Público está pronto para receber as notificações da fiscalização sobre casos reincidentes ou de moradores que não permitam que agentes entrem nas casas para vistorias. Ela encaminhará casos para que polícias tomem medidas contra infratores. 
Também participaram da reunião hoje secretários municipais, vereadores, as polícias Civil, Militar, Ambiental e Rodoviária, Corpo de Bombeiros, conselhos municipais, 15ª Regional de Saúde, Ministério Público, associações, órgãos estaduais, universidades, presidentes de bairros, sindicatos, igrejas, prefeituras de Paiçandu e Sarandi, entre outros.
 
 PARCEIROS CLUBE EXPRESS
Maringá
-Veículos:
   Golden Car  Locadora
- Animais:
   Animal Center Maringá
- Alimentos e Bebidas
  Fatima Rico Tortas
- Lojas:
  Ricardo Eletro
- Clínicas:
  Clínica da Alma
- Vida Saudável
  Armazém Vida Saudável
Marialva:
- Papelarias:
  Papelaria Planalto
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp