MENU

13/11/2019 às 09h35min - Atualizada em 13/11/2019 às 09h35min

Exposições e evento literário são opções culturais no feriado.

Da ANPr.
José F. Ogura\ AEN


Exposições, encontro literário e uma visita guiada ao Palácio Iguaçu podem fazer parte do roteiro de quem vai aproveitar o feriado da Proclamação da República em Curitiba. Os espaços culturais da Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura terão horários especiais de visitação nesta sexta-feira (15), com exceção do Centro Juvenil de Artes Plásticas (Cejap).
Um dos destaques são as visitas guiadas no Palácio Iguaçu. O público conhecerá diversas obras de arte que compõem o acervo da sede do Executivo estadual e espaços como o Salão Nobre e a Sala dos Governadores. Confira os detalhes AQUI.
COTIDIANO LEITOR – O projeto Cotidiano Leitor promove este ano a primeira Festa Literária, que acontece de 15 a 17 de novembro no Museu Oscar Niemeyer (MON). São três dias de atividades gratuitas, entre contação de histórias, oficinas artísticas, rodas de leituras e diálogos com grandes escritores e ilustradores do cenário nacional.
No dia 15 de novembro, às 16h, a escritora Marina Colasanti e a poeta, atriz, jornalista e cantora Elisa Lucinda participam da roda de conversa “Escrita feminina: lugar de escuta e lugar de fala”, no Auditório Poty Lazzarotto.
No sábado (16), o diálogo será com os premiados ilustradores Odilon Moraes e Roger Mello, com a temática “Discursos da imagem na literatura infantil brasileira”. No domingo (17), os escritores Daniel Munduruku e Cidinha da Silva falam sobre “Literatura afro-brasileira e indígena”.
EXPOSIÇÕES – Além do evento literário, o Museu Oscar Niemeyer conta com as mostras Spider (Aranha), da artista francesa Louise Bourgeois, e Declaração de Princípios, que reúne trabalhos recentes e inéditos do artista paranaense Geraldo Leão.
Também estão em cartaz “África, mãe de todos nós: conexão entre mundos”, que reúne uma significativa coleção de máscaras africanas, e “Ásia: a terra, os homens, os deuses”, com uma seleção de 200 peças vindas de mais de dez países do continente. O MON fica na Rua Marechal Hermes, 999 e abre das 10h às 18h.
No Museu de Arte Contemporânea do Paraná (MAC-PR), que está funcionando temporariamente nas salas 8 e 9 do MON por conta da reforma da sua sede no Centro, o visitante pode ver a mostra “Pequenos gestos, memórias disruptivas”, resultado da intensa pesquisa feita pela curadora Fabrícia Jordão no rico e diverso acervo da instituição, que hoje reúne em torno de 1,8 mil obras.
BIENAL – No Museu Paranaense, a novidade são as exposições que fazem parte da 14ª Bienal de Curitiba: “Animalis Imaginibvs”, de Mauro Espíndola com curadoria de Adolfo Montejo Navas, e a mostra coletiva “Além da Ética”, que tem curadoria de Massimo Scaringella. São trabalhos de 17 artistas, entre brasileiros e estrangeiros, apresentando seus olhares acerca dos mais diversos temas.
Além disso, o museu conta com uma série de exposições históricas, como Ocupação do território paranaense, Dinheiro e Honraria: o acervo de numismática do Museu Paranaense, Imigração no Paraná, Igrejas ucranianas no Paraná, entre outras. Localizado no Centro Histórico (Rua Kellers, 289), o museu abrirá das 10h às 16h.
No Museu da Imagem e do Som do Paraná (MIS-PR) estão em cartaz “Exposição 6 x 6 Horizontes PR”, que também faz parte da 14ª Bienal de Curitiba. Com curadoria de Eliane Prolik, reúne artistas do Paraná de diversas linguagens e poéticas. O visitante também tem acesso à coleção tridimensional do MIS-PR, composta por rádios, radiolas, toca-discos, moviolas, câmeras fotográficas e projetores. As visitas são das 10h às 16h, na Rua Barão do Rio Branco, 395.
HISTÓRIA – Vivenciar o cotidiano do artista norueguês Alfredo Andersen será a experiência dos visitantes no Museu Casa Alfredo Andersen. O espaço exibe parte do acervo do pintor, além de objetos e documentos da escola-ateliê. O local fica na Mateus Leme, 336 e funciona das 10h às 16h.
No Museu do Expedicionário, o acervo de fotografias, mapas, documentos, peças, ilustrações, filmes e livros retrata a participação da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na Segunda Guerra Mundial. O espaço estará aberto das 10h às 12h e das 14h às 14h e está localizado na Praça do Expedicionário.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp