MENU

23/10/2019 às 09h24min - Atualizada em 23/10/2019 às 09h24min

Assinatura de contrato abre perspectiva para programa habitacional em Maringá

Da Dir. Com. Maringá.
Reprodução\ PMM


Ao assinar o primeiro contrato para construção de 176 apartamentos pelo programa Minha Casa Minha Vida, o prefeito Ulisses Maia estará dando início a um ousado programa habitacional com potencial construtivo estimado em 15 mil unidades. O empreendimento será construído no Jardim San Remo e 88 unidades são reservadas para famílias com renda de até R$ 2,6 mil. O evento foi realizado nesta quarta, 23, às 10 horas, na prefeitura.  
 
O empreendimento é o primeiro de uma iniciativa inédita de política habitacional para ocupar terrenos vazios dentro de áreas urbanizadas. Busca atender famílias de baixa renda com moradias construídas em locais com infraestrutura completo e a acesso a diversos serviços já em funcionamento no entorno. Na prática, representa o uso racional das chamadas Zonas Especiais de Interesse Social, previstas no Plano Diretor e na Lei de Zoneamento. 
 
Por meio de chamamento público, lotes particulares foram transformados em zonas de interesse social. Ao mesmo tempo em que o proprietário amplia seu potencial construtivo com a possibilidade de empreendimentos verticais, as unidades são comercializadas por valores abaixo do mercado.
 
Diferente da tradicional prática de construções para classes populares em regiões periféricas, as habitações se encontram em áreas centrais. A prioridade é atender a fila de habitação do município que tem mais de 7 mil famílias e com cadastros do início da década de 1990.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp