MENU

26/09/2019 às 14h27min - Atualizada em 26/09/2019 às 14h27min

Maringá Patrulha Maria da Penha completa dois anos com mais de 1,8 mil atendimentos.

Da Dir. Com. Maringá.
Márcio Naka\ PMM


 
A Patrulha Maria da Penha da Guarda Municipal de Maringá completou dois anos de atividade nesta quarta, 25. A força-tarefa especial de atenção às mulheres em situação de violência já atendeu mais de 1,8 mil casos. De janeiro a agosto foram 1.706 atendimentos, sendo que 707 estão com medidas ativas (assegura afastamento do agressor). Desses, 309 são ocorrências em flagrantes. O telefone para denúncia é o 153.
 
O trabalho funciona 24 horas e oferece acompanhamento preventivo com três equipes mistas formadas por 10 guardas e duas viaturas exclusivas para as ações. O serviço, referência no País, tem o objetivo de acompanhar, fiscalizar e apoiar as vítimas de violência. A patrulha conta com o apoio da Secretaria da Mulher, Promotoria Pública, Juizado de Violência Doméstica e Família, e da Delegacia da Mulher.
 
Para auxílio nos atendimentos, a Prefeitura disponibiliza serviços do Centro de Referência e Atendimento à Mulher Maria Mariá (CRAMMM), oferecendo acolhimento para mulheres que sofrem algum tipo de violência, sejam elas físicas, psicológicas, sexuais, morais ou patrimoniais, conforme classificação da Lei Maria da Penha. Os atendimentos prestados incluem acompanhamento psicológico e jurídico.
 
VEJA ONDE PROCURAR AJUDA:
Polícia Militar - Fone 190
Patrulha Maria da Pena da Guarda Municipal - Fone 153
Centro de Referência e Atendimento à Mulher Maria Mariá (Crammm) - av João Paulo Papa XXIII, 483, ao lado da Catedral. Fone: 3293-8354.
Casa Abrigo Edna Rodrigues de Souza
Delegacia da Mulher - avenida Julio Meneguetti, 195. Jardim Novo Mundo. Fone: 3220-2500.
Promotoria de Justiça - no Fórum, avenida Tiradentes, 380. Fone: 3226-2600
Juizado de Violência Contra a Mulher - 5a Vara Criminal, no Fórum, avenida Tiradentes, 380, 1° andar. Fone: 3472-2798.
Núcleo Maria da Penha (NUMAPE): na UEM, avenida Colombo, 5790, bloco 5, sala 3. Fone (44) 3011-5477. 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale pelo Whatsapp
Fale Conosco
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp